Sua Privacidade

Ao acessar nosso site, você consente que o Clue pode usar cookies e serviços de terceiros, e coletar seus dados de uso através de um identificador único para monitorar, analisar e melhorar nosso site, e propósitos de personalização (como mostrar a você conteúdo relevante do Clue).

Leia mais em nossa Política de Privacidade sobre como usamos cookies.

Oferta exclusiva aqui no site 🎁 25% de desconto no Clue PlusAssine já
Image of a pelvic region

Direção de arte de Marta Pucci. Fotografia de Natalie Rose Dodd.

Tempo de leitura: 9 min

Secura vaginal: por que acontece e o que pode ser feito?

What is vaginal dryness and what can you do about it

Coisas importantes a saber sobre a secura vaginal:

  • A secura vaginal pode ter causas físicas ou psicológicas

  • Os sintomas de secura vaginal incluem dor durante o sexo, sensação de queimação vaginal ou urinária e coceira vaginal

  • A lubrificação vaginal é geralmente muito ligada aos níveis do hormônio estrogênio, que mudam de acordo com as fases da vida 

  • Remédios (incluindo pílula anticoncepcional) podem causar ressecamento vaginal

  • Você pode ter uma vida sexual feliz e saudável mesmo que você não produza muito lubrificante vaginal natural 

O ressecamento vaginal pode ocorrer em mulheres de todas as idades. Quer você esteja se sentindo desconfortável ou apenas tenha curiosidade, é importante saber que a secura vaginal é comum e que há maneiras simples de lidar com ela. Continue lendo para descobrir o que a causa e como você pode encontrar alívio.

A vagina é um ambiente lubrificado, o que significa que os fluidos são produzidos para minimizar o atrito. Os fluidos, ou secreções, protegem a vagina contra infecções como vaginose e infecções por fungos (1,2). Os processos que mantêm o tecido vaginal saudável e lubrificado estão relacionados à produção do hormônio estrogênio (1,3,4).

A secura vaginal não é definida por um profissional de saúde, mas por você, se a secura vaginal afetar negativamente as atividades e a qualidade de sua vida diária. Os sintomas podem incluir sensação de queimação vaginal ou urinária, desconforto ou coceira vaginal, corrimento vaginal atípico ou dor durante o sexo ou a masturbação (4). Estudos mostram que mais da metade das mulheres na pós-menopausa e quase uma em cada cinco mulheres na pré-menopausa apresentam secura vaginal (4).

Baixe o Clue e monitore todas as suas dores

  • Baixe o Clue app na App Store
  • Baixe o Clue app na Play Store
Imagem padrão

Muitos fatores podem afetar seu equilíbrio hormonal e contribuir para a secura vaginal, como idade, fases da vida, saúde mental, doenças crônicas e medicamentos (4,5). Os ovários produzem estrogênio, mas quando a produção de estrogênio é reduzida por qualquer motivo, isso pode fazer com que o revestimento vaginal fique mais fino e seco (5,6). Isso é perceptível quando você está se preparando para fazer sexo ou se masturbar. Normalmente, as glândulas ao redor da vagina liberam secreções lubrificantes, também chamadas de fluido de excitação, quando você está "com tesão". A redução do estrogênio, bem como sua saúde mental, pode afetar quando e quanto fluido de excitação seu corpo produz (3).

O ressecamento vaginal se apresenta de variadas formas para cada pessoa. Algumas podem sentir um leve desconforto, outras podem sentir dor extrema. Vamos dar uma olhada mais profunda nas causas e soluções (4).

Por que minha vagina está seca? Causas comuns de secura vaginal

A redução do estrogênio é a principal causa da secura vaginal

O hormônio estrogênio ajuda a manter a vagina úmida e mantém a espessura do revestimento vaginal. Quando, por algum motivo, seus níveis de estrogênio estão baixos, por exemplo, após o parto ou a remoção dos ovários (4,8), a quantidade de lubrificante produzida diminui e o tecido vaginal fica mais fino e frágil (7). Isso é conhecido como vaginite atrófica ou atrofia vaginal.

Como a perimenopausa e a menopausa podem afetar o ressecamento vaginal?

Com o início da perimenopausa, os ovários produzem menos estrogênio, o que afeta todo o corpo. Na vagina, os níveis mais baixos de estrogênio fazem com que o fluxo sanguíneo para a vagina diminua e o tecido vaginal fique mais fino. Isso pode causar a síndrome geniturinária da menopausa, uma condição que causa secura e desconforto vaginal, sexo doloroso, necessidade de fazer xixi com frequência, incapacidade de parar uma vontade repentina de fazer xixi (incontinência), infecções frequentes do trato urinário (ITU) e lábios menores (6). Como outra consequência dos níveis mais baixos de estrogênio, a vagina também fica mais curta e mais estreita, causando ou piorando o desconforto (6,7,8,12). O motivo pelo qual o canal vaginal se torna mais curto e mais estreito é o desaparecimento progressivo das rugas vaginais (dobras de tecido) (13). Além de ficar mais seca, a vagina também se torna menos ácida após a menopausa (14), e a elasticidade vaginal diminui (15). Na ilustração abaixo, você pode ver como a menopausa e a redução do estrogênio afetam o ambiente vaginal.

Quais medicamentos podem causar ressecamento vaginal?

Os anticoncepcionais hormonais afetam a quantidade dos hormônios estrogênio e progesterona no seu corpo (9). Em vez de o seu corpo produzir hormônios que aumentam e diminuem ao longo do ciclo menstrual, os hormônios da pílula anticoncepcional manterão um nível quase constante. Algumas pessoas podem apresentar ressecamento vaginal e diminuição da libido quando tomam anticoncepcionais, mas as pesquisas mostram resultados mistos (9). Se você sente dor durante o sexo ou tem baixa libido, converse com profissionais de saúde para discutir qual método anticoncepcional é o mais adequado para você (9).

Outros medicamentos, como antidepressivos e remédios para resfriados, também podem afetar a lubrificação vaginal e causar secura vaginal (2,11). Talvez seja necessário revisar seus medicamentos com seu médico ou médica, inclusive seu método anticoncepcional, se você perceber que eles estão afetando sua saúde vaginal (9,10).

Você pode rastrear e monitorar os seus medicamentos e a secura vaginal no Clue. O acompanhamento de seus medicamentos, quando você os toma e se isso coincide com a secura vaginal, pode lhe dar conhecimento ao discutir as opções de tratamento com seu médico.

Como minhas emoções podem afetar meu desejo sexual e a lubrificação vaginal?

Sua saúde física e mental pode influenciar muito a libido e a lubrificação. Há vários motivos pelos quais você pode notar ressecamento durante o sexo vaginal. Pergunte a si mesmo: você se excita com a forma como você e seu(ua) parceiro(a) estão interagindo? Você se sente segura(o)? O que precisa mudar para tornar o sexo mais agradável para você?

Se você se sentir tesão, mas ainda perceber secura, seu corpo pode simplesmente precisar de tempo para se alinhar com o seu cérebro—ou você pode tentar usar lubrificante. Converse com seu(ua) parceiro(a) sobre como aumentar a quantidade de preliminares. Reserve um tempo para pensar sobre sua própria saúde sexual. Se algo não parecer certo para você, provavelmente não está certo. Se você tiver secura vaginal e falta de desejo sexual, pode estar com baixa libido, e isso pode ser causado por muitos fatores, inclusive medicamentos e condições de saúde (9,11).

Como meu ciclo menstrual pode afetar o ressecamento vaginal?

Os hormônios estrogênio e progesterona flutuam durante o ciclo menstrual. Esses hormônios também afetam o desejo sexual. A secura vaginal pode aumentar na segunda metade do ciclo, quando os níveis de estrogênio estão mais baixos (4,16). A maneira exata como os hormônios reprodutivos influenciam a vagina e o desejo sexual não é a mesma para todas as pessoas (16). Acompanhar seu desejo sexual com o Clue pode te ajudar a descobrir o que é típico para você.

Fatores de saúde podem influenciar o ressecamento vaginal?

Sua vagina é um ambiente autolimpante e equilibrado. Sabonetes, lubrificantes, produtos de higiene, lavagens internas (duchas) ou desodorantes vaginais podem afetar negativamente a sua saúde vaginal. Pesquisas associaram a prática da ducha higiênica a um risco maior de infecções bacterianas e fúngicas, doença inflamatória pélvica, câncer cervical, aumento da transmissão de infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), infecções do trato genital superior, endometrite (inflamação do revestimento do útero) e outros resultados adversos à saúde (2,17,18). Essas condições podem afetar a lubrificação vaginal e o desejo sexual.

Há uma condição em que as glândulas do corpo não conseguem produzir umidade suficiente, chamada de síndrome de Sjögren (4,11). Para manter a mucosa, como olhos, boca e vagina, úmida, as pessoas precisarão de produtos artificiais.

O que posso fazer em relação à secura vaginal?

Há vários tratamentos para o ressecamento vaginal:

  • A secura vaginal causada por baixos níveis de estrogênio pode ser tratada com vários métodos diferentes: hidratantes ou lubrificantes vaginais, creme ou comprimidos de estrogênio vaginal local, terapia sistêmica com estrogênio (e progesterona, se necessário) ou moduladores seletivos do receptor de estrogênio (6). Marque uma consulta médica para encontrar a melhor opção para você.

  • Se a secura for causada por um medicamento, converse com seu médico ou médica sobre a possibilidade de tentar outro remédio ou formas de tratar a secura durante o uso.

  • Se o que seu parceiro ou parceira sexual faz durante o sexo não funcionar para você, tente discutir suas preferências sexuais juntos(as). Você pode achar que falar sobre isso aumenta sua excitação. Se você não tem vontade de fazer sexo com o seu alguém, talvez queira reavaliar seu relacionamento ou conversar com um profissional de saúde sobre qualquer problema de saúde que afete sua libido. Passar mais tempo nas preliminares pode ser uma forma de aumentar sua lubrificação natural. Outra opção é usar lubrificante durante a atividade sexual ou a masturbação (12).

A saúde sexual é complexa. Uma resposta para uma pessoa pode não ser a resposta para outra. Entre em contato com um profissional de saúde para discutir como a sua saúde física, mental e emocional pode afetar a secura vaginal e a satisfação sexual (12). Outros profissionais que podem ajudar podem ser um terapeuta sexual ou um fisioterapeuta do assoalho pélvico (12).

Os lubrificantes pessoais podem tornar o sexo mais agradável. O uso de lubrificante pode aumentar o prazer e a satisfação sexual tanto na masturbação individual quanto nas atividades sexuais com parceiros (19). Os lubrificantes feitos com água ou silicone podem ser usados com segurança com preservativos de látex e diafragmas (20).

Produtos à base de óleo, como vaselina, óleo de bebê, óleo mineral ou óleos vegetais, não são recomendados e podem danificar os preservativos e/ou diafragmas de látex. Isso aumenta o risco de gravidez ou ISTs. Loções para as mãos ou para o corpo também não são recomendadas, pois podem irritar os tecidos vaginais (18).

Entender as causas da secura vaginal e tomar medidas para tratá-la pode levar a uma vida sexual mais satisfatória, seja com outra pessoa ou individualmente. Faça o download do Clue e monitore sua secura vaginal, medicamentos e desejo sexual para saber mais sobre como suas experiências menstruais mudam ao longo do ciclo ou se os medicamentos têm um impacto em sua vida.

Artigo publicado originalmente em 13 de outubro de 2017.

ilustração da flor do Clue app
ilustração da flor do Clue app

Viva em sintonia com seu ciclo, baixe o Clue hoje.

Esse artigo foi útil?

Você também pode gostar de ler:

Leitura relacionada

ilustração da flor do Clue app
ilustração da flor do Clue app

Viva em sintonia com seu ciclo, baixe o Clue hoje.