X icon button to close sales banner

Red Friday🩸🩸🩸 50% off Clue Plus

Period planning, sex advice, and insights, oh my! Get it all for 50% off now.

Download on iOS App StoreDownload on Google Play

Gráficos: Segismundo Bragança

Reading time:5min

Tudo sobre o modo Gravidez do Clue

O modo de gravidez cientificamente embasado criado para todas as pessoas grávidas.

Coisas importantes a saber:

  • Monitore o movimento fetal, o peso, as emoções e mais com o modo Gravidez do Clue

  • Aprenda sobre as mudanças no seu corpo durante a gravidez

  • Acompanhe seu progresso desde a concepção até seis semanas após o parto

Seu teste de gravidez deu positivo? Você pode continuar usando o Clue com o modo Gravidez. A gravidez e o pós-parto são fases importantes da vida para muitas pessoas e alguns aplicativos de monitoramento de gravidez são criados por pessoas sem formação científica ou médica. O modo Gravidez do Clue é propositalmente diferente. Ele é cientificamente embasado e foi criado por uma equipe de especialistas, incluindo profissionais de saúde como ginecologistas, obstetras, endocrinologistas, especialistas em fertilidade, enfermeiros obstétricos, consultores de lactação e doulas.

Queremos ajudar você a aprender sobre as mudanças pelas quais poderá passar. Cerca de 75% de gestantes usam um aplicativo de gravidez diariamente durante a gravidez (1), mas a maioria dos aplicativos de gravidez é criada por pessoas que não são profissionais de saúde ou especialistas em gravidez (2). Similarmente, a maioria dos aplicativos de monitoramento de gravidez não tem base científica (3).

O modo Gravidez no Clue não conta com estereótipos de gênero ultrapassados e apresenta informações em um formato contemporâneo e inclusivo de gênero

A maioria das pessoas prefere obter informações diretamente das suas parteiras a outras fontes (4). O modo Gravidez do Clue coloca essas informações na palma da sua mão. É provável que esse conhecimento influencie as decisões de saúde que você toma (5), por isso é importante que ele seja preciso. Ele não se destina a substituir seus cuidados médicos, mas sim a capacitar você durante a gravidez.

Como encontrar o modo Gravidez do Clue

O que está incluído no modo Gravidez do Clue?

Monitore sua gravidez

O modo Gravidez do Clue tem muitas das mesmas categorias de monitoramento que você já conhece e adora, além de categorias adicionais criadas especialmente para a gravidez. Você talvez queira monitorar mudanças no seu corpo, como aumento da sensibilidade a cheiros, sabores, orgasmos e o famoso "brilho" da gravidez. Você também pode monitorar reações mais difíceis, como vômitos, alterações no apetite, aversões, desejos estranhos ou azia. Há espaço para monitorar os momentos desafiantes da gravidez, como seios doloridos, dores no ligamento redondo do útero ou micção frequente. Você também pode monitorar os momentos emocionantes, como sentir o movimento fetal ou se conectar com o feto.

Leia sobre o progresso do feto

Você pode ler sobre seu desenvolvimento e do feto conforme a gravidez avança. Você também pode aprender o que está acontecendo no seu corpo, desde quais hormônios, órgãos e sistemas estão mudando até quais exames esperar na sua próxima consulta. Você receberá atualizações semanais sobre o desenvolvimento do feto, incluindo comprimento e peso típicos, e marcos de desenvolvimento. Você também receberá conteúdo detalhado sobre as mudanças semanais do seu corpo em cada trimestre.

Use esse modo para controlar as mudanças importantes que precisa compartilhar com profissionais de saúde, como pressão arterial, coceiras na pele, inchaço e qualidade do sono. Pense no monitoramento no modo Gravidez do Clue como um diário da gravidez diretamente no seu telefone.

Baixe o Clue e acesse o modo Gravidez via Clue Plus

  • Baixe o Clue app na App Store
  • Baixe o Clue app na Play Store
Imagem de três telas mostrando o aplicativo Clue

Qual é o diferencial do modo Gravidez do Clue?

Saúde mental

Os transtornos de ansiedade e humor perinatais (PMADs) são a complicação mais comum durante a gravidez, afetando cerca de 20 a 25% das pessoas grávidas e no pós-parto. Essa taxa é duas vezes mais alta do que a prevalência de depressão em mulheres no geral (7). O PMADs inclui depressão, transtornos de ansiedade, transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) e psicose. Cerca de metade das pessoas que sofrem de depressão pós-parto não são diagnosticadas (8). Embora o rastreamento do PMAD seja recomendado durante e após a gravidez, muitas pessoas não são monitoradas em todas as consultas (9).

Pós-parto

O modo Gravidez do Clue atualmente detalha cada semana da gravidez e as primeiras seis semanas após o parto. Você encontrará informações sobre a recuperação do seu corpo depois da gravidez e do nascimento, bem como dicas para o bem-estar emocional na transição para a maternidade e/ou paternidade. Também delineamos marcos importantes para a criança recém-nascida e informações para ajudar com o processo de amamentação. Você também pode acompanhar mudanças físicas e psicológicas importantes, como sangramento pós-parto, alterações de humor, dor, produção de leite e mudanças nos seios. Reconhecemos que o pós-parto se estende pelo primeiro ano após o nascimento e estamos trabalhando para expandir a experiência pós-parto para este período.

Diferentes desfechos de uma gravidez

Nem toda gravidez termina da forma que se espera. Sabemos que o aborto espontâneo no primeiro trimestre ocorre em cerca de 10 a 25% das gestações reconhecidas (11, 12). Também sabemos que 1 em cada 100 gestações termina em natimorto (14). Embora esperemos que sua gravidez termine da maneira que você deseja, ignorar esses outros cenários não os fará desaparecer.

Além disso, muitas pessoas engravidam e decidem não ter filhos. Pode ser que sejam uma das 600 mil pessoas nos EUA todos os anos que passam por um aborto (15), ou aquelas que optam por adotar ou por uma gestação de substituição.

Todas as pessoas que passam por uma gravidez, independente do desfecho, merecem ser apoiadas. É por isso que incluímos tantas opções após o parto.

Inclusividade de gênero

Criamos o modo Gravidez para incluir todas as pessoas grávidas. Algumas pessoas que não se identificam como mulheres podem engravidar e parir (6). Reconhecemos que, para uma pessoa trans ou não-conformante, uma gravidez pode provocar alguma disforia de gênero, principalmente quando profissionais de saúde não têm o treinamento adequado. Quando nos referimos a pesquisas acadêmicas com mulheres, dizemos “mulheres”, mas em outros lugares, onde podemos ser inclusivos, diremos “pessoas grávidas” para nos referir a todas as mulheres, pessoas não binárias e transgênero que podem engravidar.

O modo Gravidez do Clue coloca o conhecimento de parteiras na palma da sua mão

O modo Gravidez foi criado para incluir TODAS as pessoas grávidas. Queremos muito saber o que você pensa sobre ele e como ele colabora com sua experiência de gravidez. O modo Gravidez está atualmente disponível em português, inglês, espanhol, alemão, francês e dinamarquês. Você pode saber mais sobre a gravidez e o modo Gravidez do Clue em nosso Instagram e Twitter.

Assine o Clue Plus para monitorar sua gravidez no modo Gravidez do Clue. Este artigo foi publicado originalmente no dia 1º de agosto de 2021.

ilustração da flor do Clue app
ilustração da flor do Clue app

Viva em sintonia com seu ciclo, baixe o Clue hoje.

C A high quality

Sobre o Clue

Privacidade de dados de pacientes no Clue: declaração de nossas Co-CEOs

Nós não vendemos seus dados, nós os protegemos e eles não serão divulgados.

Artigos mais populares

ilustração da flor do Clue app
ilustração da flor do Clue app

Viva em sintonia com seu ciclo, baixe o Clue hoje.