Ilustrações: Marta Pucci

Fertilidade

Tudo sobre o modo Gravidez do Clue

O modo de gravidez cientificamente embasado criado para todas as pessoas grávidas

Quer receber as informações mais atualizadas, cientificamente embasadas e relevantes sobre a gravidez? Para encontrar o modo Gravidez no Clue, clique nos três pontos ao lado de "Seu ciclo atual" na parte superior direita da tela no aplicativo Clue para ver onde mudar sua fase da vida para gravidez.

O modo Gravidez do Clue está disponível para assinantes do Clue Plus. Assinantes ajudam a garantir que todas as pessoas que usam o Clue tenham acesso a ferramentas e informações importantes sobre saúde reprodutiva. As assinaturas também ajudam a manter o Clue sustentável e comprometido em nunca vender seus dados. Com o dinheiro das assinaturas do Clue Plus, tem sido possível trabalhar com pesquisadores e cientistas para descobrir novos conhecimentos sobre saúde reprodutiva.

Por que criamos o modo Gravidez? Em primeiro lugar, milhares das pessoas que usam o Clue pedem que adicionemos o monitoramento de gravidez ao aplicativo. A gravidez e o pós-parto são fases importantes da vida para muitas mulheres e pessoas com ciclos, e queríamos ajudar você a aprender sobre as mudanças pelas quais você passará. Cerca de 75% das pessoas grávidas usam um aplicativo de gravidez diariamente durante a gravidez (1), mas a maioria dos aplicativos de gravidez é criada por pessoas que não são profissionais de saúde ou especialistas em gravidez (2). Similarmente, a maioria dos aplicativos de gravidez não tem base científica (3).

Imagem de três telas mostrando o aplicativo Clue

Baixe o Clue e acesse o modo Gravidez via Clue Plus

  • Baixe o Clue app na App Store
  • Baixe o Clue app na Play Store

4.8

Ilustração de uma avaliação cinco estrelas

2M+ avaliações

O modo Gravidez do Clue é propositalmente diferente. É cientificamente embasado e foi criado por uma equipe de autores, editores e verificadores de fatos especializados que inclui profissionais de saúde como ginecologistas, obstetras, endocrinologistas, especialistas em fertilidade, enfermeiros obstétricos, consultores de lactação e doulas. O Clue não se baseia em estereótipos de gênero ultrapassados e apresenta informações em um formato novo e neutro em termos de gênero.

A maioria das mulheres prefere informações diretamente de suas parteiras a outras fontes (4). Nosso objetivo era criar um aplicativo que colocasse a parteira (e outros profissionais de saúde) ao seu alcance. As informações que você recebe sobre a gravidez têm o potencial de influenciar suas decisões de saúde (5), por isso é importante que sejam precisas. Estas informações não têm como objetivo substituir os cuidados de profissionais de saúde, mas sim garantir que você sinta que tem as informações que precisa durante a gravidez.

Veja por que criamos o modo Gravidez do Clue.

O que está incluído no modo Gravidez do Clue?

O modo Gravidez do Clue detalha todas as informações que você precisa saber sobre a gravidez em um formato trimestral de leitura fácil. Você pode ler sobre seu desenvolvimento e do feto conforme a gravidez avança. Você também pode aprender o que está acontecendo no seu corpo, desde quais hormônios, órgãos e sistemas estão mudando até quais exames esperar na sua próxima consulta. Você receberá destaques semanais para ficar em dia com o desenvolvimento do feto, incluindo comprimento e peso típicos, e marcos de desenvolvimento. Você também recebe conteúdo detalhado sobre as mudanças semanais do seu corpo e do desenvolvimento fetal.

Se já está usando o Clue, você provavelmente conhece as categorias de monitoramento disponíveis no aplicativo. O modo Gravidez contém as categorias de monitoramento que você já usa,[a][b] além de categorias adicionais criadas especialmente para a gravidez. Você talvez queira monitorar mudanças no seu corpo, como aumento da sensibilidade a cheiros, sabores, orgasmos e o famoso "brilho" da gravidez. Você também pode monitorar reações mais difíceis, como vômitos, alterações no apetite, aversões, desejos estranhos ou azia. Há espaço para monitorar as dores e os desconfortos da gravidez, como seios doloridos, dores no ligamento redondo do útero ou micção frequente. Você também pode monitorar os momentos emocionantes, como sentir o movimento fetal ou se conectar com o feto.

Use o recurso para controlar as mudanças importantes que precisa compartilhar com profissionais de saúde, como pressão arterial, coceiras na pele, inchaço e qualidade do sono. Pense no monitoramento no modo Gravidez do Clue como um diário da gravidez diretamente no seu telefone.

O modo Gravidez do Clue foi feito para pessoas de todos os gêneros

Criamos o modo Gravidez para incluir todas as pessoas grávidas. Algumas pessoas que não se identificam como mulheres podem engravidar e parir (6). Reconhecemos que, para uma pessoa trans ou não conformante, uma gravidez pode provocar alguma disforia de gênero quando profissionais de saúde não têm o treinamento adequado.

Usamos linguagem neutra e inclusiva para reduzir ao máximo a possibilidade de provocar disforia. No modo Gravidez, você verá menções a "pessoas grávidas" e "mulheres e pessoas grávidas", porque estamos nos comunicando com todas as pessoas que se encaixam nestas categorias. Você também verá a palavra “mulheres” usada quando as pesquisas se concentram especificamente em pessoas que se identificam como mulheres.

A saúde mental no modo Gravidez

Os transtornos de ansiedade e humor perinatais (PMADs) são a complicação mais comum da gravidez, afetando cerca de 20 a 25% das pessoas grávidas e no pós-parto. Essa taxa é duas vezes mais alta do que a prevalência de depressão em mulheres no geral (7). O PMADs inclui depressão, transtornos de ansiedade, transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) e psicose. Cerca de metade das pessoas que sofrem de depressão pós-parto não são diagnosticadas (8). Embora o rastreamento do PMAD seja recomendado durante e após a gravidez, muitas pessoas não são monitoradas em todas as consultas (9).

Incluímos informações sobre alterações de humor em nosso recurso para ajudar você a observar-se e também para incentivar a busca por apoio à sua saúde mental com profissionais de saúde, parceiros e amigos.

Pós-parto e o modo Gravidez

O modo Gravidez atualmente detalha cada semana da gravidez e as primeiras seis semanas após o parto. Você encontrará informações sobre a recuperação do seu corpo depois da gravidez e do nascimento, bem como dicas para o bem-estar emocional na transição para a parentalidade. Também delineamos marcos importantes para a criança recém-nascida e informações para ajudar com o processo de amamentação.

Você também pode acompanhar mudanças físicas e psicológicas importantes, como sangramento pós-parto, alterações de humor, dor, produção de leite e mudanças nos seios.

Reconhecemos que o pós-parto se estende pelo primeiro ano após o nascimento e estamos trabalhando para expandir a experiência pós-parto para este período.

Outros desdobramentos da gravidez no modo Gravidez do Clue

Aborto espontâneo

Cerca de três quartos dos aplicativos de gravidez não reconhecem qualquer tipo de perda de gravidez (10). Sabemos que a gravidez pode ser um momento assustador para pessoas grávidas preocupadas com abortos espontâneos. Mas não incluir o aborto espontâneo nas conversas sobre a gravidez não faz com que a preocupação desapareça.

O aborto espontâneo no primeiro trimestre ocorre em cerca de 10 a 25% das gestações reconhecidas (11, 12). A maioria dos abortos espontâneos acontece no primeiro trimestre (13). Abortos espontâneos geralmente acontecem em consequência de uma anormalidade cromossômica no feto e se tornam mais comuns à medida que uma pessoa grávida envelhece (11). Caso você sofra um aborto espontâneo, queremos que tenha as informações que precisa.

A natimortalidade é definida como a perda de uma gravidez com 20 semanas ou mais e é uma ocorrência comum que afeta cerca de 1 em 100 gestações (14). Pessoas grávidas que vivenciam a natimortalidade ainda têm necessidades relacionadas à gravidez, incluindo cuidados pós-parto.

Você verá informações sobre aborto espontâneo e natimortalidade no modo Gravidez. Caso você vivencie um desses eventos, queremos que tenha as informações que precisa.

Aborto

Por que incluímos a interrupção voluntária da gravidez em um aplicativo para gravidez? A cada ano, somente nos EUA, mais de 600.000 pessoas passam por um aborto eletivo (15). Cerca de 78% de todos os abortos ocorrem antes das 9 semanas de gravidez e cerca de 92% ocorrem na semana 14 (15). Muitas pessoas que engravidam não têm certeza se querem prosseguir com a gravidez, enquanto outras têm certeza que não querem. A IVG é uma consequência comum da gravidez. O aborto também pode ser uma consequência de uma gravidez com condições que são diagnosticadas durante o pré-natal (16). Oferecemos informações importantes sobre o aborto eletivo, como pode ser para você e quando você precisa tomar uma decisão.

O modo Gravidez para todas as pessoas grávidas

O modo Gravidez foi criado para incluir TODAS as pessoas grávidas. Queremos muito saber o que você pensa sobre ele e como ele colabora com sua experiência de gravidez. O modo Gravidez está atualmente disponível em inglês, português, espanhol, alemão, francês e dinamarquês. Você pode saber mais sobre a gravidez e o modo Gravidez do Clue no nosso Instagram e no Twitter.

Baixe o Clue para monitorar suas mudanças corporais durante a gravidez.

An illustration of a hand pressing a button

Let's support one another.

and champion menstrual health together. Make an impact today in one click.

An illustration of a hand pressing a button

Você também pode gostar de ler:

Artigos mais populares