Um círculo verde fragmentado ao redor de uma gota de sangue de período, com símbolos que representam dor, pms, tristeza e DNA.

Ilustração: Emma Günther

Aborto Espontâneo

Estou tendo um aborto espontâneo?

Como reconhecer a diferença entre aborto espontâneo e uma menstruação atrasada?

*Tradução: Juliana Secchi

Pode ser estressante que sua menstruação atrase demais, que comece mais tarde do que o esperado. Apesar de que a duração do ciclo menstrual possa variar, algumas pessoas podem se preocupar que sua menstruação atrasada seja na verdade um aborto espontâneo bem em seu começo.

Um aborto espontâneo ou a perda da gravidez nas primeiras 20 semanas (1) é comum. Pelo menos 1 em cada 3 gestações terminam em aborto espontâneo (2), apesar de que as pessoas nem sempre sabem que estão grávidas quando isso acontece. Às vezes o óvulo se prende apenas por um período curto de tempo e então é perdido. A maioria das pessoas nem saberia que estão grávidas nesse cenário. Estima-se que cerca de 1 em cada 5 gestações clinicamente reconhecidas, isto é, gestações que a maioria das pessoas tomaria conhecimento e que geralmente levam a pular uma menstruação, terminam em aborto espontâneo (2, 3).

Abortos espontâneos são mais comuns nas primeiras seis semanas de gestação, se tornando menos prováveis na medida em que a gravidez avança (2, 3). Se a perda de uma gravidez ocorre, é mais provável que aconteça no primeiro trimestre (as primeiras 13 semanas por idade gestacional) (4).

Quando um aborto espontâneo acontece antes que uma pessoa saiba que está grávida, pode ser difícil distinguir entre uma menstruação normal e um aborto espontâneo.

Sintomas coincidentes de menstruação e aborto espontâneo podem incluir (1, 4-7):

  • Sangramento, sangramento intenso ou sangramento além do normal

  • Cólicas

  • Dor

Em um aborto espontâneo, você também pode notar:

  • Redução ou desaparecimento dos sintomas da gravidez (por exemplo, náusea, vômito) (5)

  • Sinais de estar doente, como febre (se o aborto espontâneo for causado por uma infecção) (5, 6)

Se você menstruar menos de duas semanas após o início esperado da sua menstruação, fica difícil saber se é uma menstruação atrasada ou um aborto espontâneo. Abortos espontâneos dentro desse prazo não costumam apresentar sangramento mais intenso ou de maior duração (7). Quem sofre um aborto espontâneo duas semanas após a data típica de uma menstruação tem maior propensão a observar sangramento igual ao da menstruação (7). Neste caso, costuma haver por volta de 12 horas a mais de sangramento do que uma menstruação típica (7).

Imagem de três telas mostrando o aplicativo Clue

Usar o Clue app te ajuda a acompanhar os sintomas do ciclo dia a dia.

  • Baixe o Clue app na App Store
  • Baixe o Clue app na Play Store

4.8

Ilustração de uma avaliação cinco estrelas

2M+ avaliações

Qual a relação entre aborto espontâneo e fertilidade?

É improvável que um único aborto espontâneo que ocorra antes mesmo de ter sido detectado tenha implicações na fertilidade a longo prazo. Estes abortos acontecem com bastante frequência e muitas pessoas que passam por esse tipo de aborto nem sequer sabem que abortaram.

Embora os abortos espontâneos que acontecem por volta de uma menstruação não representem uma ameaça à saúde de uma pessoa, as pessoas podem se preocupar com as chances de ter uma gravidez saudável no futuro. Muitas pessoas que perdem a gravidez, mesmo tarde na gestação e até mesmo mais de uma vez, podem ainda ter uma gravidez saudável no futuro (2, 6, 8).

Se você tem preocupação com a possibilidade de estar passando por uma gravidez e quer saber se o seu sangramento é um aborto espontâneo ou uma menstruação normal, faça um teste de gravidez ou consulte profissionais de saúde.

Quando fazer um teste de gravidez?

Se sua menstruação está atrasada, você está tentando engravidar ou acha de que a gravidez já tenha acontecido e não tem certeza se deve fazer um teste de gravidez, considere o seguinte:

Você está em risco de gravidez se teve sexo intravaginal desprotegido ou teve alto risco de esperma ter tido contato com suas genitais. O risco varia durante o ciclo. Leia aqui de que maneiras você pode engravidar.

Para pessoas com ciclos típicos (por exemplo, o período entre menstruações raramente varia entre mais do que dois dias), a exposição ao esperma apresenta o maior risco de gravidez desde o meio do ciclo até cerca de duas semanas antes da previsão da menstruação, porque é quando a maioria das pessoas ovula. Isso só funciona de forma geral e pode não refletir um determinado ciclo. Portanto, você não deve confiar nessa estimativa aproximada para a prevenção da gravidez.

(Observe que o dia da ovulação exibido no Clue é apenas uma estimativa. O dia real da ovulação pode acontecer num momento diferente que pode variar de ciclo para ciclo, juntamente com a data de início da sua menstruação.)

A exposição ao esperma no início ou no final do ciclo, de forma geral, apresenta menor risco de gravidez, porque é menos provável que uma pessoa tenha ovulado próximo ou durante esses dias.

Faça um teste de gravidez ou entrar contate profissionais de saúde se sua menstruação estiver com nove ou mais dias de atraso.

Se você deseja fazer um teste de gravidez antes disso, geralmente é recomendável aguardar pelo menos duas semanas após o dia estimado da sua ovulação, ou aproximadamente quando você espera menstruar. Para obter resultados mais precisos, é melhor aguardar alguns dias após a data esperada da sua menstruação. Alguns testes de gravidez anunciam que você pode fazê-los antes disso, mas quanto mais cedo você faz o teste, menos preciso é (9). Depende de você se deseja realizá-lo mais cedo.

Se você tem um ciclo imprevisível (ou seja, você não sabe quando sua menstruação acontecerá e a diferença entre o seu ciclo mais longo e o mais curto é de mais de 7 a 9 dias), ter sexo desprotegido ou esperma em seus genitais na maioria das vezes representa um risco maior, já que é mais difícil de estimar quando a exposição aconteceu. Você pode fazer um teste de gravidez cerca de duas semanas depois de sua última relação sexual desprotegida, embora esperar mais alguns dias ajude a melhorar a precisão dos resultados.

Se você estiver usando uma forma de contraceptivo natural (também conhecido como métodos baseados na conscientização da fertilidade ou planejamento familiar natural) ou estiver monitorando sinais de fertilidade para a conhecimento corporal, terá uma ideia melhor do momento da ovulação e poderá usá-lo para avaliar seu risco de gravidez.

(Lembre-se, qualquer forma de sexo desprotegido em qualquer momento representa risco de infecções sexualmente transmissíveis.)

Se você sabe que engravidou e nota sangramentos:

É importante contatar um(a) profissional de saúde. Sangramento durante o início da gravidez é comum e não é necessariamente um sinal de aborto espontâneo (10), mas é bom acompanhar o que está acontecendo.

Se você tiver sangramento anormal, dor intensa desde a pélvis até os ombros e sentir fraqueza ou desmaiar, procure atendimento médico imediatamente (11).

Esses podem ser sinais de gravidez ectópica (quando um óvulo fertilizado se prende e cresce em um lugar que não seja o útero, geralmente nas trompas de falópio) (11).

A gravidez ectópica pode ser fatal e deve ser tratada como emergência médica.

Então, como notar a diferença entre menstruação e aborto espontâneo?

Eventualmente, é impossível apontar as diferenças entre os sintomas de uma menstruação atrasada e um aborto espontâneo. Fazer um teste de gravidez pode indicar se há uma gestação em curso, mas também pode não te dizer nada. A melhor maneira de evitar uma gravidez é com contraceptivos não hormonais, com anticoncepcionais hormonais ou com a utilização de dois métodos dessas categorias, ao mesmo tempo.

Baixe o Clue app e monitore ciclo menstrual, gravidez, parto e pós-parto.

Artigo originalmente publicado em 07 de novembro de 2017; atualizado inicialmente em 06 de Junho de 2019.

An illustration of a hand pressing a button

Let's support one another.

and champion menstrual health together. Make an impact today in one click.

An illustration of a hand pressing a button

Artigos mais populares