Ilustração de ícones de estresse, representando disforia de gênero

Ilustração: Karin Friedmann

LGBTQIA+

A disforia de gênero e o seu ciclo menstrual

Quando você menstrua mas você não é uma mulher, isso pode causar desconforto e ansiedade

*Tradução: Juliana Secchi

A disforia de gênero acontece quando uma pessoa sente angústia devido à incompatibilidade entre a anatomia e a identidade de gênero. Quando você menstrua mas você não se identifica como mulher, isso pode causar desconforto e ansiedade, principalmente quando tantas pessoas ainda associam menstruação com feminilidade. Nem todas as mulheres menstruam e nem todas as pessoas que menstruam são mulheres.

Nós entramos em contato com pessoas trans, não-binárias que usam o Clue para perguntar sobre as suas experiências durante o ciclo menstrual. Veja aqui as impressões dessas pessoas sobre disforia de gênero e menstruação:

"Eu normalmente acabo me vestindo de forma mais masculina. Eu prefiro usar absorventes internos pois dessa forma não há um lembrete visual de que eu sangro." - Anônimo

"Eu normalmente me desassocio para escapar da disforia. Eu também me amarro regularmente sempre que saio e às vezes minha aparência andrógina e meu peito mais liso ajudam."- Sam

“Às vezes me sinto ‘não trans o suficiente', porque a disforia da menstruação parece ser uma experiência tão comum entre as pessoas transmasculinas. Sinto disforia com minha aparência física e percepção social, mas minhas funções corporais não me incomodam." - Grey

Imagem de três telas mostrando o aplicativo Clue

O Clue usa linguagem neutra de gênero para ajudar você a monitorar sua saúde menstrual

  • Baixe o Clue app na App Store
  • Baixe o Clue app na Play Store

4.8

Ilustração de uma avaliação cinco estrelas

2M+ avaliações

Todo mundo tem uma experiência diferente e necessidades diferentes. O que ajuda uma pessoa pode piorar as coisas para outra. Nem todo mundo que é trans ou queer sente disforia quando menstrua e nem toda pessoa trans quer fazer cirurgia ou tomar hormônios.

Só você pode saber e decidir o que é melhor para você, mas se você estiver tendo dificuldades por conta da disforia de gênero durante o ciclo menstrual, aqui vão algumas dicas que podem ajudar:

Encontre os produtos ideais para sua menstruação

Prefere evitar a seção rosa e florida do supermercado? Absorventes reutilizáveis ou um coletor menstrual podem ser uma boa opção. Os coletores só precisam ser trocados duas vezes por dia se o seu fluxo não for intenso. Os absorventes do tipo almofada não precisam ser inseridos e, se você usar absorventes de tecido reutilizáveis, poderá trocá-los silenciosamente sem aquele "som de embrulho" revelador. Se você acha convenientes as almofadas e absorventes internos padrão, sempre pode pedir a um(a) amigo(a) que os compre para você, comprar online ou fingir que está comprando para outra pessoa. Experimente alguns produtos diferentes e veja o que faz você se sentir mais confortável.

Diminua a dor.

Você pode diminuir cólicas com uma garrafa de água quente ou uma almofada aquecida, analgésicos, ou no chuveiro ou banheira quente. A masturbação é outro remédio popular, assim como o chocolate. Alongamentos ou exercícios podem aliviar a dor e dar um impulso em sua endorfina.

Busque afirmação.

Em momentos difíceis do seu ciclo, ou sempre que você sentir disforia, experimente falar ou fazer coisas que afirmem sua identidade, como vestir sua roupa preferida. As roupas que fazem você se sentir bem e que afirmam seu gênero podem fazer uma enorme diferença, assim como amarrar o peito (os binders) ou "fazer uma mala" (encher a cueca para dar a impressão de um pênis).

"Eu usava minha faixa em casa e experimentava roupas diferentes. Às vezes eu saía para caminhar e acidentalmente esbarrava em alguém, então eles diziam 'desculpe, cara!' Isso sempre era legal. " - Anônimo

Procure apoio.

Compartilhe seus sentimentos com outras pessoas trans, para lembrar como não é só você que está passando por isso. Procure também confiar em um(a) amigo(a) cisgênero, um membro da família, um terapeuta ou grupo de apoio. Você pode também escrever um diário ou blog, abraçar um animal (real ou de pelúcia), escutar música que te põe pra cima ou conversar anonimamente com alguém de uma associação de apoio LGBTQ+, como a It Gets Better (Portugal) e a Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Brasil). Lembre-se que menstruar não torna você mulher tanto quanto ter mamilos não faz de alguém uma mãe. Pessoas de todos os gêneros podem e têm menstruação.

Pare a sua menstruação.

Você pode decidir parar ou reduzir a frequência e a intensidade da sua menstruação usando contraceptivo hormonal. Pode ser na forma de pílulas, injeção, implante hormonal, anel hormonal ou DIU hormonal. Algumas pessoas conseguem interromper a menstruação tomando testosterona, mas outras continuam menstruando ou tendo sangramento de escape mesmo após meses de tratamento.

Uma maneira mais permanente de interromper sua menstruação é a histerectomia (remoção cirúrgica do útero), embora possa ser difícil encontrar médicos que façam esse procedimento e um seguro de saúde que cubra. Converse com seu(ua) profissional de saúde para encontrar a melhor opção para você.

Dê nomes.

Talvez você queira chamar de "brovários" ao invés de ovários, ou talvez prefira usar termos científicos. Use as palavras que funcionam para você. A menstruação não é um "problema de mulheres", é um problema para as pessoas que menstruam. Corpos e partes do corpo não precisam ser de um gênero ou de outro. Digamos apenas "pessoas com menstruação" ou "pessoas que menstruam". É tão fácil!

"Não vejo a necessidade de linguagem codificada. Costumo me referir a isso como 'Estou morrendo'. É só o meu humor fatalista se manifestando.” -Anônimo

No Clue app, fazemos o possível para permanecer neutros em relação ao gênero, mas em parte de nosso marketing ainda usamos o termo "feminino" para descrever o que fazemos e para estar acessível a pessoas que não estão familiarizadas com a evolução da linguagem em torno da menstruação e gênero.

Trate de você mesmo com carinho.

Evite muita pressão para resolver todas estas questões todas imediatamente: tenha foco em resolver uma coisa de cada vez. Crescer numa sociedade que se conforma com os gêneros binários faz com que sintamos que gêneros são intrínsecos às partes de nossos corpos. Leva tempo para desfazer esse condicionamento social que nos trouxe até aqui, então seja paciente ao desconstruir essa questões.

Lembre-se sempre de que o ciclo menstrual não é feminino ou masculino, e que ele não faz de você homem ou mulher. É apenas uma coisa dos corpos, e isso está bem assim.

Monitore.

Quer descobrir se sua disforia oscila em determinadas fases do seu ciclo? Você começou ou mudou a medicação hormonal e quer manter um registro de qualquer alteração no sangramento, cólicas ou no humor?

Baixe o Clue e comece a monitorar desde já.

Esse artigo foi revisado em 14 de Maio de 2020.

An illustration of a hand pressing a button

Let's support one another.

and champion menstrual health together. Make an impact today in one click.

An illustration of a hand pressing a button

Você também pode gostar de ler:

Artigos mais populares