Foto de uma mulher com as mãos nos cabelos

Foto por Marta Pucci

Pele e cabelo

Como cabelo, exercícios e sexo relacionam-se com o ciclo menstrual

Cabelo indisciplinado? Ioga ou corrida? Libido alto ou baixa? Culpa dos hormônios!

*Tradução: Jade Augusto Gola

Muitas mulheres e pessoas com ciclo que monitoram no Clue app com disciplina registram mudanças no cabelo, no desempenho em exercícios e na atividade sexual. Assim, percebem mudanças significativas em seu corpo e, com o tempo, observam e entendem padrões ao longo de seus ciclos menstruais e sintomas.

Mas como exatamente seu ciclo menstrual afeta esses aspectos?

Primeiro, o seu cabelo.

Devido a mudanças na produção de óleo do seu couro cabeludo, a textura e aparência do cabelo podem variar bastante. Já que o sebo (o óleo produzido pelas glândulas sebáceas) e o folículo do cabelo saem da mesma abertura na pele, o cabelo e a pele ao redor podem cobrir-se de sebo, levando a uma aparência e sensação mais oleosa durante a fase pré-menstrual. Mas nem tudo é culpa da biologia. Seu cabelo pode ser afetado também por fatores externos com o clima do local onde você vive, a quantidade de poluição e que produtos você usa.

No Clue app, você pode registrar diariamente seu cabelo como "Bom", "Indisciplinado", "Oleoso" ou "Seco"'; você pode criar também uma etiqueta personalizada para registrar seu cabelo como quiser.

A seguir: exercícios.

Em alguns dias você pode sentir alta energia e motivação para treinar, para seguir com sua rotina de exercícios, enquanto em outros dias a realidade é o oposto: zero energia. Embora o sono e sua dieta são fatores fundamentais quando se trata do desempenho em exercícios físicos, estudos científicos têm explorado como as flutuações hormonais ao longo do ciclo menstrual podem afetar o seu treinamento.

Imagem de três telas mostrando o aplicativo Clue

Baixe o Clue agora e registre seu apetite sexual, entre outros sintomas e emoções

  • Baixe o Clue app na App Store
  • Baixe o Clue app na Play Store

4.8

Ilustração de uma avaliação cinco estrelas

2M+ avaliações

A ciência já evidenciou que treinos de força durante a fase folicular (a primeira parte de seu ciclo, da menstruação à ovulação) resultaram em maior aumento da força muscular, em comparação a treinos durante a fase lútea (a seconda parte do ciclo, que ocorre após a ovulação). Monitorar suas rotinas de treino e os níveis de energia no Clue podem ajudar-te a entender os padrões em seus exercícios que possam se relacionar às fases do ciclo menstrual. Essas observações a partir dos seus dados de saúde podem ser ótimas para você descobrir quais são os melhores dias para treinar.

E por fim, mas não menos importante: o sexo.

A maneira como você percebe o sexo pode mudar durante o ciclo. Algo que pode ser ótimo no dia 14 pode ser desconfortável no dia 26. Essas mudanças são reais, típicas e acontecem em resposta aos seus hormônios reprodutivos.

Você pode não notar tais mudanças e padrões diferenciados em sua sexualidade até observar com atenção detalhes do seu desejo e libido—por isso que monitorar a atividade sexual sempre em seu Clue app pode ser útil.

Saber o que sente-se melhor em certos momentos pode te ajudar a entender as mudanças em seu corpo e a você conseguir, no sexo, mais do que deseja.

As 5 mudanças mais comuns que podem alterar sua experiência sexual:

Se durante seu ciclo menstrual o cabelo, treinos e exercícios e o sexo mudam, a maneira mais prática de você notar os padrões dessas mudanças é monitorar diariamente.

Nunca é tarde para aprender mais sobre seu corpo. Baixe o Clue e comece a monitorar hoje sua saúde.

Artigo publicado originalmente em 18 de abril de 2019.

Você também pode gostar de ler:

Artigos mais populares