Ilustração: Marta Pucci

Contraceptivos

Com que frequência posso tomar a pílula do dia seguinte?

por Nicole Telfer, Science Content Producer Revisado por Sarah Toler, DNP, Science Writer for Clue
  • Compartilhar este artigo no Twitter
  • Compartilhar este artigo no Facebook
  • Compartilhar este artigo pelo WhatsApp

Tradução: Juliana Secchi

Coisas importantes a saber:

  • A pílula anticoncepcional de emergência não deve ser um substituto para opções tradicionais de contracepção

  • Provavelmente não há problema em tomar uma pílula anticoncepcional de emergência mais de uma vez durante um ciclo

  • Pílulas anticoncepcionais de emergência não afetarão sua fertilidade futura

A forma mais conhecida de contracepção de emergência é a pílula anticoncepcional de emergência, às vezes chamada de pílula do dia seguinte, e a outra é um DIU de cobre. Neste artigo, focaremos exclusivamente na pílula anticoncepcional de emergência.

Existem duas versões diferentes da pílula anticoncepcional de emergência disponíveis. Aquelas feitas a partir de uma progestina conhecida como levonorgestrel estão disponíveis sem receita nos Estados Unidos. Outro tipo, feita com acetato de ulipristal (uma antiprogestina), está disponível mediante receita médica apenas nos Estados Unidos. Além disso, alguns tipos de contraceptivos orais combinados ("a pílula") também podem ser usados como controle de natalidade de emergência, mas isso também não será discutido neste artigo (1). (Saiba mais sobre como funciona a pílula anticoncepcional de emergência aqui).

Posso tomar a pílula do dia seguinte com bastante frequência?

Provavelmente não, você provavelmente ficará bem se precisar usar uma pílula anticoncepcional de emergência de vez em quando—mas continue lendo, porque a pesquisa ainda não está clara. E o que é "bastante frequência"?

Posso usar a pílula do dia seguinte em vez de usar uma forma tradicional de contraceptivo?

De acordo com os fabricantes da pílula anticoncepcional de emergência e o The American College of Obstetricians and Gynecologists - ACOG (Universidade Americana de Obstetras e Ginecologistas), a pílula anticoncepcional de emergência não foi projetada para ser usada como um substituto da contracepção regular (1-3).

Em parte, não há muita pesquisa disponível sobre o assunto. A pesquisa sobre a pílula somente por prescrição, por exemplo, é surpreendentemente limitada em termos de uso superior a três vezes durante o período de um ano. Para as pessoas que se veem usando repetidamente pílulas anticoncepcionais de emergência, o fabricante recomenda considerar outras opções contraceptivas (3).

A ACOG não recomenda o uso de pílulas do dia seguinte como uma opção contraceptiva de longo prazo, porque de forma geral uma pessoa estaria se expondo a níveis repetidos de hormônios mais altos do que normalmente receberia usando um contraceptivo hormonal combinado regular ou o contraceptivo somente de progestina (4). Além disso, o uso frequente também poderia levar a crises mais frequentes de efeitos colaterais e distúrbios menstruais (veja abaixo) (4).

Ao contrário dessas recomendações, um grupo de pesquisadores estudou até que ponto a pílula anticoncepcional de emergência de levonorgestrel funcionava bem para pessoas que fazem sexo com pouca frequência (6 dias ou menos por mês) usando-a como contracepção primária. Para mulheres com menos de 35 anos, as taxas de gravidez para uso perfeito e exclusivo (em até 24 horas após a relação sexual nesse estudo) de pílulas anticoncepcionais de emergência foram de 11 gestações ao longo de 1 ano por 100 mulheres. As taxas foram ainda mais baixas para uso típico (se combinado com outras formas de contraceptivos ou se tomada tardiamente) com apenas 10 gestações ao longo de 1 ano por 100 mulheres (5).

Posso tomar a pílula do dia seguinte mais de uma vez durante um único ciclo menstrual?

Enquanto os fabricantes da pílula levonorgestrel não recomendam tomar uma pílula anticoncepcional de emergência mais de uma vez em um ciclo (3), a Universidade Americana de Obstetras e Ginecologistas e os fabricantes da pílula somente de progestina contradizem isso e afirmam que não há problema (2,4). São necessárias mais pesquisas para determinar se existem efeitos de uso repetido consistente. Se a pílula anticoncepcional de emergência estiver sendo usada repetidamente, especialmente durante o mesmo ciclo, é aconselhável usar uma forma diferente de contracepção que seja mais confiável.

Tomar pílula do dia seguinte atrapalha meu ciclo?

Lembre-se, quando você toma uma pílula anticoncepcional de emergência, a ovulação será adiada por alguns dias ou impedida (1-3). Por esse motivo, seu ciclo atual pode ser afetado e pode ter alguns dias a menos ou a mais (2,3). 1 em cada 6 pessoas que tomam a pílula anticoncepcional de emergência levonorgestrel pode sofrer sangramento ou manchas não relacionadas à menstruação dentro de uma semana após ter tomado o anticoncepcional de emergência (5). Padrões de sangramento irregular são comuns entre as pessoas que tomam pílula anticoncepcional de emergência de levonorgestrel (5).

Se a sua menstruação estiver atrasada mais de uma semana, é recomendável fazer um teste de gravidez (3). Lembre-se, a pílula anticoncepcional de emergência não é uma garantia contra a gravidez.

Uma mão segurando um celular com o Clue app aberto

Dores? Libido? TPM? Humor? Pílula? Você pode registrar tudo no Clue e saber mais sobre seu corpo

Ilustração de uma avaliação cinco estrelas

4.8

mais de 1M avaliações

Ilustração de uma avaliação cinco estrelas

4.8

mais de 1M avaliações

A pílula do dia seguinte afetar minha fertilidade?

Não—o anticoncepcional de emergência não afetará sua fertilidade no futuro (2,3).

Repercussões de tomar as pílulas anticoncepcionais de emergência

Sem proteção contra ISTs

Somente dispositivos de barreira, como preservativos internos ou externos, luvas ou barreiras dentárias oferecerão proteção contra infecções sexualmente transmissíveis (ISTs). Isso significa que tomar uma pílula anticoncepcional de emergência depois de fazer sexo desprotegido não oferece ajuda contra as ISTs.

Tomar pílula do dia seguinte não é garantia de que você não engravidará

Lembre-se de que a pílula do dia seguinte não é um abortivo—isso significa que não impede a gravidez se você já tiver ovulado e tiver ocorrido uma fertilização.

É difícil estimar a taxa de sucesso de pílulas anticoncepcionais de emergência de uma dose, mas pesquisas sugerem que elas impedem a gravidez em cerca de 50 a 100% das vezes (7,8). Há muitas razões pelas quais a pílula anticoncepcional de emergência pode falhar. Portanto, para ter melhores chances de sucesso, use o anticoncepcional de emergência o mais rápido possível após fazer sexo sem proteção.

Custo: a pílula do dia seguinte não é barata

Os preços diferirão de país para país, estado, e se o seguro cobrir. Mas, em geral, tomar uma pílula anticoncepcional de emergência todos os meses sai mais caro do que apenas usar pílulas anticoncepcionais regulares ou obter um DIU. Considere que nos Estados Unidos usar camisinha toda vez que você faz sexo te custará cerca de US$2, já usar a pílula anticoncepcional custará no máximo US$ 50 por mês, ou até mesmo obter um DIU que pode custar até US$ 1300, mas divida-o em até 7 anos e fica em apenas US$ 15 por mês (9). Em comparação, uma pílula anticoncepcional de emergência irá te custar US$ 40-50 toda vez que você fizer sexo, o que é um tanto caro (10).

Aprenda sobre seu corpo e saúde feminina

A Steph do Clue te convida a ler nossa newsletter
Oi, eu sou a Steph! Enviaremos histórias educativas e curiosas sobre saúde feminina, além de compartilhar dicas e truques para você aproveitar o Clue app ao máximo!

Possíveis efeitos colaterais

Contracepção de emergência é segura e eficiente. No entanto, algumas pessoas experimentam efeitos colaterais leves, que incluem: náusea, cólicas abdominais, fadiga, dor de cabeça, sensibilidade nos seios, tontura, dor menstrual e acne (2,3,5).

Optar por usar a pílula do dia seguinte é uma escolha pessoal que pode ter impactos de mudança de vida no futuro de uma pessoa. Preparar-se com conhecimento sobre como a pílula anticoncepcional de emergência funciona, sua eficácia e quaisquer possíveis repercussões pode te ajudar a tomar a melhor decisão por si mesmo.

An illustration of a heart

Gostou dessa leitura? Ajude-nos a criar ainda mais conteúdo: contribua com nossa pesquisa científica. Contribua agora

Contribua agora

Você também pode gostar de ler:

Artigos mais populares