Ilustração: Marta Pucci

Produtos

Absorventes internos: principais dúvidas e equívocos

*Tradução: Mariana Rezende

Desde a sua invenção, os absorventes internos têm sido alvo de pânico moral, preocupações com a saúde, protestos contra impostos e peças publicitárias risíveis.

Existem muitos mitos e equívocos sobre os absorventes internos:

  • Você pode perder sua virgindade ao usar um absorvente interno?

  • O absorvente interno pode cair?

  • O que acontece se você usar um absorvente interno por muitas horas?

Leia para saber as respostas.

Imagem de três telas mostrando o aplicativo Clue

Baixe o Clue app para monitorar mudanças e a duração de seu ciclo menstrual.

  • Baixe o Clue app na App Store
  • Baixe o Clue app na Play Store

4.8

Ilustração de uma avaliação cinco estrelas

mais de 2M+ avaliações

Absorventes internos e seu corpo

Dói para colocar ou tirar um absorvente interno?

Não deve doer. Talvez seja caso de experimentar tipos diferentes de absorventes internos, com ou sem aplicador, para ver qual você prefere. Às vezes é um pouco desconfortável colocar ou tirar um absorvente interno simplesmente porque sua vagina está seca ou seu fluxo está muito leve.

Usar uma pequena quantidade de lubrificante à base de água deve ajudar a aliviar a secura e facilitar o deslizamento do absorvente interno ou aplicador. Se você notar uma sensação de secura e desconforto ao remover o absorvente interno, tente mudar para um tipo de absorção mais leve. Se continuar a sentir dor vaginal ao usar absorventes internos, consulte profissionais de saúde.

Eu devo sentir um absorvente interno dentro de mim?

Não. Quando um absorvente interno é inserido corretamente (empurrado o suficiente para dentro), você não conseguirá senti-lo. Os absorventes internos são projetados para serem usados na parte superior da vagina, a parte mais distante da abertura vaginal. Se você estiver sentindo o absorvente interno, tente empurrá-lo um pouco mais.

Um absorvente interno pode "ficar perdido" dentro de mim?

Não. O colo do útero (no final do canal vaginal) tem somente uma abertura muito pequena para permitir que sangue ou espermatozoides passem. Se você estiver com dificuldades para remover o absorvente interno, tente fazer força como se estivesse prestes a fazer cocô. Agachar em vez de sentar ou ficar em pé pode ajudar. Mova os dedos na parte interna da vagina e tente sentir a parte superior e posterior. Assim que sentir o absorvente interno ou seu fio, segure-o entre os dedos e puxe-o para fora.

O absorvente interno pode "cair"?

Normalmente, não. Quando um absorvente interno é inserido corretamente, ou seja, foi empurrado o suficiente para dentro, sua vagina naturalmente o mantém no lugar, mesmo se você estiver correndo ou fazendo algo ativo. Se você estiver fazendo muita força ao fazer cocô, o absorvente interno pode cair. Se isso acontecer, coloque um novo.

Posso perder sua virgindade ao inserir um absorvente interno?

Não. A virgindade não é algo físico ou médico. É uma ideia cultural sobre a qual muitas pessoas têm definições e opiniões diferentes. Os conceitos de virgindade às vezes estão ligados à ideia de que a sua abertura vaginal é coberta por uma membrana, comumente referida como hímen, que é “rompida” pelo sexo vaginal.

A coroa vaginal (também conhecida como hímen) consiste em finas dobras de tecido mucoso localizadas entre 1 e 2 centímetros logo dentro da abertura vaginal (1). Anna Knöfel Magnusson da RFSU (Associação Sueca para Educação em Sexualidade) escreveu sobre isso no livro Coroa Vaginal: Mitos que cercam a virgindade:

Cada coroa tem uma aparência diferente e difere em tamanho, cor e forma. É ligeiramente rosada, quase transparente, podendo assemelhar-se às pétalas de uma flor, a um quebra-cabeças ou a uma meia-lua. Na grande maioria dos casos, ela é elástica e estica. Muito raramente, as dobras do tecido mucoso podem cobrir toda a abertura vaginal. Nesse caso, pode ser necessário consultar um ginecologista para abrir a coroa vaginal e assim liberar o sangue menstrual, para permitir a inserção de um tampão ou para sexo por penetração.

A coroa vaginal pode ser diminuída gradualmente pela atividade física diária básica, não apenas pela inserção de coisas (como absorventes internos, coletores menstruais, brinquedos ou dedos) na vagina. As mudanças hormonais que ocorrem à medida em que as pessoas mudam durante a puberdade também podem alterar a forma e a flexibilidade da coroa vaginal (2).

Independentemente de você usar absorventes internos ou não, sua coroa vaginal (se você já teve uma, para começo de conversa) irá se desgastar com o tempo. A anatomia e o propósito da coroa vaginal ainda não são muito bem compreendidos, e mais pesquisas são necessárias.

Absorventes internos e sua saúde

Os absorventes internos me causarão a Síndrome do choque tóxico?

Provavelmente não, mas é importante se informar. A Síndrome do choque tóxico (SCT) é uma condição rara que afeta cerca de 1 em cada 100.000 pessoas que menstruam (3). Mais da metade dos casos de SCT relatados estão associados ao uso de absorventes internos, mas ela também pode afetar pessoas de qualquer idade, incluindo homens e crianças. Usar um absorvente interno por um longo período de tempo (mais de 8 horas) está associado à SCT (4). Os sintomas da SCT começam repentinamente e podem piorar rapidamente.

A SCT pode ser fatal se não for tratada imediatamente, por isso é importante conhecer os sintomas (5, 6):

  • Temperatura alta (febre) de 39ºC ou mais

  • Sintomas semelhantes aos da gripe, como dor de cabeça, calafrios, dores musculares, dor de garganta e tosse

  • Sensação e enjoo

  • Diarreia

  • Uma erupção cutânea semelhante a uma queimadura de sol generalizada

  • Vermelhidão do branco dos olhos, lábios e língua

  • Tonturas ou desmaios

  • Dificuldades respiratórias

  • Confusão, sonolência, perda de consciência

A SCT é uma emergência médica. Embora esses sintomas possam ser causados por uma enfermidade diferente da SCT, é importante entrar em contato com profissionais de saúde ou ir a um hospital o mais rápido possível se você tiver uma combinação desses sintomas. É muito improvável que você tenha SCT, mas esses sintomas não devem ser ignorados. Se você tiver sintomas graves ou se seus sintomas estiverem piorando rapidamente, vá ao hospital mais próximo ou chame uma ambulância imediatamente.

Como posso reduzir as chances de sofrer a SCT?

Use absorventes internos de baixa absorção e troque-os com mais frequência, evitando deixá-lo dentro de você por mais de 8 horas. Como alternativa, você pode usar um produto menstrual diferente, como absorventes externos ou um coletor menstrual. Coletores menstruais não oferecem risco de SCT. Houve apenas um caso documentado de SCT relacionado ao uso de coletor menstrual que aconteceu porque o coletor raspou o interior da vagina durante a inserção (7).

Quando trocar o absorvente interno

Com qual frequência devo trocar o absorvente interno?

A melhor forma de saber se o absorvente interno precisa de ser trocado é puxando levemente seu fio. Se ele começar a sair com facilidade, é hora de trocar; caso contrário, você pode esperar um pouco mais. Não deixe o absorvente interno inserido por mais de 8 horas, pois isso aumenta o risco de desenvolver a Síndrome do choque tóxico (8).

Um absorvente interno mini totalmente cheio pode conter até 3 mL de fluido, enquanto um absorvente interno super totalmente cheio pode conter até 12 mL (9, 10). A quantidade normal de perda de sangue por menstruação é entre 5 mL a 80 mL (11).

Se você vir que está enchendo um absorvente interno ou externo a cada duas horas, isso é considerado sangramento menstrual forte e deve ser levado ao conhecimento de profissionais de saúde.

Você pode fazer xixi com um absorvente interno inserido?

Sim. Você não precisa trocar o absorvente interno sempre que fizer xixi, mas talvez seja bom afastar o fio para a lateral para que ele não fique encharcado. Mas isso é só para seu conforto pessoal, já que é improvável que você tenha problemas de saúde ao fazer xixi acidentalmente no fio do absorvente interno.

Algumas pessoas fazem cocô enquanto usam um absorvente interno, enquanto outras optam por trocar o absorvente depois que fazem cocô. Ambas as opções são sua escolha. Quando fizer cocô enquanto tem um absorvente interno inserido, tenha cuidado para não sujar o fio. As bactérias que vivem em seus intestinos podem causar infecções na uretra e bexiga (12).

Você pode jogar absorventes internos na privada e dar descarga?

É melhor não fazer isso. Os absorventes internos são feitos para absorver líquidos e expandir, então eles podem entupir vasos sanitários e canos, sobretudo se o encanamento for antigo, se a privada for de baixo fluxo ou for uma fossa séptica. A maioria dos absorventes internos não é biodegradável e mesmo os que são não se desfazem no sistema de esgoto. Para o bem do seu encanamento e do meio ambiente, a opção mais segura é embrulhar o absorvente interno (e aplicador) em papel higiênico e jogá-lo no lixo.

Imagem de três telas mostrando o aplicativo Clue

Use o Clue app para monitorar e acompanhar seus métodos contraceptivos

  • Baixe o Clue app na App Store
  • Baixe o Clue app na Play Store

4.8

Ilustração de uma avaliação cinco estrelas

mais de 2M+ avaliações

Tudo bem usar absorventes internos quando...

Posso usar absorventes internos na minha primeira menstruação?

Sim. Se quiser, você pode usar absorventes internos desde o início da sua primeira menstruação. Não deixe de conferir as instruções ou pedir dicas a uma pessoa amiga, da família ou profissional de saúde. Escolha a absorvência certa para o seu fluxo (mini ou pequeno para pouco fluxo, normal ou super se o fluxo for mais intenso).

Se tiver problemas para inserir o absorvente interno, você pode tentar usar um com um aplicador ou colocar uma pequena quantidade de lubrificante à base de água no absorvente para facilitar o deslizamento.

Posso tomar banho com um absorvente interno inserido?

Sim. Você pode usar um absorvente interno no banho de chuveiro ou banheira. Os absorventes internos (e coletores menstruais) também são ótimas opções para nadar durante a menstruação.

Se você não pode ou não quer usá-los, existem algumas outras opções também: se seu fluxo for leve, você pode usar roupas de banho absorventes ou um traje de cor escura para evitar manchas. A roupa de banho absorvente à prova d'água parece a parte de baixo de um biquíni normal, mas tem um forro oculto à prova de vazamentos que ajuda a absorver o sangue menstrual. Você pode usar um absorvente externo antes e depois de nadar.

Os absorventes internos têm data de validade?

Sim. A vida útil dos absorventes internos é de cerca de cinco anos, desde que mantidos em suas embalagens e armazenados em ambiente seco. Eles são higiênicos, mas não estéreis, portanto, se forem armazenados em um local úmido — como o banheiro — bactérias e mofo podem surgir.

A coisa mais importante a se prestar atenção é a embalagem: você tem um "absorvente interno de emergência" rolando dentro da sua bolsa há semanas e a embalagem está danificada? Se sim, não o use. Um absorvente interno mofado ou sujo pode causar uma infecção vaginal. Se você notar alguma coceira ou irritação após o uso de absorventes internos, consulte profissionais de saúde.

Tudo bem usar absorventes internos se você tem um DIU?

Sim. Imediatamente após a inserção de um DIU, você pode ter algum sangramento. Não use absorventes internos para esse sangramento. Depois que esse sangramento de inserção acabar, não há problema em usar absorventes internos ou coletores menstruais se você tiver um DIU. Os fios do DIU ficam apenas alguns centímetros para fora do colo do útero, portanto, não devem interferir na inserção e remoção do absorvente interno.

Artigo publicado originalmente em 29 de agosto de 2018.

An illustration of a hand pressing a button

Let's support one another.

and champion menstrual health together. Make an impact today in one click.

An illustration of a hand pressing a button

Você também pode gostar de ler:

Artigos mais populares