X icon button to close sales banner

Red Friday deals are about to flow…

Download the app and create a free account to save on your Clue Plus subscription.

Download on iOS App StoreDownload on Google Play
Foto de uma mulher em idade fértil

Foto de Franz Grünewald, direção de arte de Marta Pucci.

Tempo de leitura: 7 min

Qual é o limite de idade para engravidar?

Explicamos como o passar dos anos pode afetar a concepção e a gravidez; saiba também quando buscar um especialista em fertilidade.

Esse artigo é conteúdo exclusivo do Clue Plus para o modo Clue Concepção. Com o Clue Concepção, você recebe previsões personalizadas sobre os dias ƒérteis e para o melhor momento para fazer sexo ou inseminação em casa. Assim, você aumenta suas chances de engravidar. Descubra mais aqui.

Coisas importantes a saber sobre idade e concepção:

  • Não existe um "momento certo" para planejar uma gravidez

  • Você pode conceber depois dos 35, mas as chances diminuem

  • Entre em contato com um especialista em fertilidade se você tem menos de 35 anos e não engravidou depois de um ano de tentativas

Quando você decide começar a planejar uma gravidez, um novo mundo se abre: vitaminas, ovulação, exames de laboratório e ultrassons.

As informações sobre idade e gravidez podem ser angustiantes (1, 2). Se você tem 35 anos ou mais, é provável que o que você leu na internet ou ouviu de amigos pode fazer você sentir que esperou demais. A verdade é que, se houver esperma e seu corpo estiver ovulando, há uma chance de você engravidar, não importa sua idade (1, 3).

Está tentando engravidar? Clue Concepção pode te ajudar.

  • Baixe o Clue app na App Store
  • Baixe o Clue app na Play Store
default image

Qual é o melhor momento para engravidar?

Não existe um "momento certo" para planejar uma gravidez. Algumas pessoas tentam engravidar depois de terminar os estudos, ou antes do final do ano, ou enquanto a parceria está de folga, ou por motivos que só fazem sentido para elas (1, 4, 5). Só você pode decidir se quer engravidar e qual é o momento certo.

O Colégio Americano de Obstetras e Ginecologistas chama essas escolhas de "plano de vida reprodutiva" (6). Não tem problema se seu plano mudou ou se ele mudar novamente no futuro.

Em todo o mundo, esperar depois dos 30 anos para planejar uma gravidez está se tornando cada vez mais comum. Uma em cada dez gestantes na Suécia e uma em cada cinco na Finlândia têm mais de 35 anos (1, 7, 8). Nos EUA, em 2014, a idade média para a primeira gravidez era de cerca de 26 anos, e uma em cada dez pessoas tinha mais de 35 anos na primeira gravidez (9).

Como a idade afeta a concepção

Os óvulos envelhecem, junto com o resto do corpo. A idade também pode afetar o esperma. Os óvulos já são formados nos ovários quando o bebê nasce e, à medida que o feto se torna adulto, alguns óvulos atingem a maturidade ao longo de cada ciclo menstrual (10). O número total de óvulos diminui gradualmente com o tempo, assim como sua capacidade de engravidar (10).

Essa é uma das razões pelas quais as pessoas são aconselhadas a engravidar mais cedo na vida, para aumentar a chance de liberar um óvulo que possa se tornar uma gravidez típica (6). Essa recomendação não leva em consideração a capacidade financeira, emocional ou física para a maternidade/paternidade, que algumas pessoas desenvolvem com a idade.

Você provavelmente já ouviu falar sobre o congelamento de óvulos, um procedimento médico durante o qual alguns óvulos são removidos e protegidos do envelhecimento até que você sinta que é o momento certo pra engravidar (6, 11). O processo pode ser útil se você tiver ansiedade com o envelhecimento e não quiser engravidar no momento, mas há limitações (11). O congelamento de óvulos pode ser feito em qualquer idade, mas é idealmente feito antes dos 35 anos (12). Usar este método para postergar uma gravidez até uma idade avançada pode representar também maiores complicações para a pessoa gestante e também para o feto/neonato (13).

Como a idade afeta a gravidez

A gravidez em pessoas com mais de 35 anos pode ter uma chance maior de preocupação, e essa faixa etária é chamada de “idade avançada” (1). Embora possa soar como um rótulo pesado e causar preocupação, estudos mostram que pessoas com mais de 35 anos ainda gostam de estar grávidas e têm uma percepção e expectativas positivas em relação a ter filhos (1).

Há evidências suficientes para mostrar que as chances de desenvolver condições perigosas que podem afetar a pessoa gestante e o feto/recém-nascido aumentam após os 35 anos (1). Algumas condições crônicas, como diabetes e hipertensão, são mais comuns com a idade. Essas condições estão diretamente ligadas a algumas condições da gravidez que podem ser fatais (1,14).

Mas lembre-se de que, se um profissional chamar uma gravidez de “alto risco” devido à “idade materna avançada”, pode não ser uma avaliação sua e de sua saúde, mas sim suposições que os profissionais de saúde fazem para fornecer o nível certo de cuidados. Converse com seu médico se você tem um diagnóstico de condição crônica ou relacionada à gravidez para que ele possa lidar com suas questões específicas.

Posso engravidar depois dos 35?

A chance de engravidar sem assistência médica diminui com a idade. É fato que há um lento declínio nas idades das primeiras gestações que começa no final dos 20 anos até meados aos finais dos 30 anos (2, 15). Essa idade limite de 35 anos é frequentemente usada, mas pode ser confusa. Dá a ideia de que tudo está bem antes dos 35 anos e então tudo fica drasticamente pior depois dos 35 – um “abismo de fertilidade”. Tente se lembrar de que as chances de concepção dependem de mais do que apenas sua idade; seu histórico de saúde e o que você come, bebe e faz também podem afetar suas chances de engravidar (16).

De vez em quando, são publicadas novas estatísticas que oferecem uma ideia geral da chance esperada de concepção em cada idade, mas isso não é realmente útil porque a concepção é muito individual para cada pessoa.

O que são exames de reserva ovariana?

Você pode ter ouvido falar sobre os exames que podem ajudar a determinar quantos óvulos você ainda tem. É o chamado exame de “reserva ovariana” e pode ser feito por um profissional de saúde reprodutiva. A probabilidade de ovulação que pode levar à gravidez é estimada medindo os hormônios no sangue (17). O número de oócitos, ou óvulos imaturos, nos ovários pode ser estimado visualmente por ultrassom (17). Estes exames não são perfeitos e não podem dizer com segurança se você vai ou não conceber (18). Pergunte ao seu médico se um desses exames pode ser útil para você.

Quando se consultar com especialistas em fertilidade

A recomendação oficial de especialistas para casais e pessoas que desejam engravidar é simples: comece a tentar (16). Decida o quão consciente do processo de concepção você quer estar. Algumas pessoas acham útil monitorar o ciclo menstrual e a ovulação, e ter essas informações pode ser útil se você acabar consultando um especialista (19), mas muitas pessoas engravidam apenas fazendo sexo com frequência.

Como você sabe quando procurar ajuda de um profissional de saúde se não engravidar imediatamente? As recomendações gerais são (15):

  • Se você tem menos de 35 anos e está tentando engravidar há um ano ou mais, um obstetra/ginecologista pode ajudar a identificar o que está acontecendo.

  • Pessoas com 35 anos ou mais e que estão tentando engravidar há seis meses ou mais são encorajadas a consultar um profissional de saúde reprodutiva.

  • Se você tem 40 anos ou mais e deseja conceber, é recomendável que você se consulte com um obstetra/ginecologista imediatamente.

Se você não concebeu dentro desses prazos, não significa que há algo errado ou que você nunca engravidará. Há muitas razões pelas quais a concepção pode demorar mais, e seu ginecologista pode ajudar a identificar o que está acontecendo. Por muitos motivos, algumas pessoas que estão tentando conceber precisarão usar a tecnologia de reprodução assistida (TRA).

Tentando engravidar? Assine o Clue Plus para acessar o modo Clue Concepção e ter ajuda essencial na sua jornada de fertilidade. Já é assinante Clue Plus? Descubra como alternar para o modo Clue Conceive aqui.

ilustração da flor do Clue app
ilustração da flor do Clue app

Viva em sintonia com seu ciclo, baixe o Clue hoje.

Esse artigo foi útil?

Você também pode gostar de ler:

Artigos mais populares

ilustração da flor do Clue app
ilustração da flor do Clue app

Viva em sintonia com seu ciclo, baixe o Clue hoje.