Ilustração: Emma Günther e Marta Pucci

Reading time:4min

Que diabos é "coreorgasmo"? E como ter um?

*Tradução: Juliana Secchi

Um coreorgasmo é um orgasmo induzido por exercício (EIO). E a sensação pode ser muito, muito boa.

Dou-lhe as boas vindas ao meu primeiro orgasmo: eu estava na escola primária escalando corda — aquela corda assustadoramente alta que fica acorrentada ao teto e fazia parte do currículo nas escolas públicas americanas. Conforme eu subia, comecei a notar uma cócega estranha no meu short de ginástica.

Eu provavelmente estava sorrindo como uma idiota quando cheguei ao topo e toquei a campainha no teto. Eu era extremamente competitiva quando criança, então com certeza eu fiquei orgulhosa de mostrar meu atletismo aos meus colegas assistindo lá embaixo. Mas, mais do que tudo, fiquei deliciosamente surpresa com a sensação no meu ventre. Ninguém percebeu, e esse momento foi o início do meu segredinho.

Registre diariamente no Clue app suas emoções e a libido sexual

  • Baixe o Clue app na App Store
  • Baixe o Clue app na Play Store
Imagem de três telas mostrando o aplicativo Clue

Essa descoberta me deixou curiosa e intrigada —que simplesmente mover meu corpo de uma determinada maneira poderia criar uma sensação tão estranha. E isso foi muito antes de eu gostar de meninos, muito menos saber o que era um orgasmo ou que a masturbação existia.

Coreorgasmos foram minha introdução à sexualidade e a consciência do potencial do meu corpo para o prazer.

Enquanto as conversas sobre sexualidade feminina são desencorajadas, os primeiros momentos sexuais de uma garota são ainda mais tabu. Conversas sobre crianças se tornando seres sexuais são geralmente consideradas fora dos limites. Mas por que? O sexo é um dos maiores prazeres da vida e a força vital desse planeta.

A sexualidade tem que começar em algum lugar e me sinto sortuda por ter tido essa apresentação muito pessoal e privada.

Mais tarde na vida, quando comecei a me exercitar com mais regularidade, eles começaram a acontecer com mais frequência e menos esforço. Chegou uma hora que eu conseguia ter um coreorgasmo às ordens.

Coreorgasmos são “orgasmos expandidos” ou orgasmos induzidos por exercícios, mais frequentemente alcançados através de exercícios de core.

Eles se espalham para a parte inferior do abdômen e pernas. Eles provocam uma sensação muito diferentes de um orgasmo vaginal e são mais semelhantes a um orgasmo clitoriano. Para mim eles são muito mais intensos do que um orgasmo de sexo, mas duram apenas alguns segundos e não sinto as contrações pulsantes no corpo que são comuns durante o sexo com penetração ou a masturbação.

Em um determinado momento, comecei a falar sobre meus coreorgasmos com parceiros e amigos íntimos. Era apenas um pequeno segredo estranho que os fazia rir. Um ex meu ficou um pouco intimidado.

Eu nunca tinha conhecido ninguém que também tivesse experimentado um coregasmo, então consultei o Dr. Google para ver se essas coisas são normais. Resulta que Alfred Kinsey escreveu sobre eles em 1953 em seu trabalho Comportamento Sexual em Mulheres e 5% das mulheres que ele estudou afirmaram experimentar orgasmos durante o exercício, ao invés de exclusivamente durante o sexo

A mecânica dos coreorgasmos ainda é relativamente desconhecida.

Isso despertou o interesse da Dra. Debby Herbenick, Ph.D., que atualmente é a principal pesquisadora de orgasmos induzidos por exercícios e prazer sexual induzido por exercícios (EISP).

Na Pesquisa Nacional de Saúde e Comportamento Sexual (NSSHB) de 2014, Herbenick e seus colegas descobriram que de 2.000 pessoas pesquisadas ​​sobre suas vidas sexuais, 10% dos homens e mulheres relataram um orgasmo induzido por exercício.

É mais provável que você os perceba quando estiver forçando os músculos. Como fazer o máximo de flexões que puder ou o máximo de levantamentos de perna que puder.—Debby Herbenick

Gosto de pensar que fiz uma boa parte da minha própria pesquisa. Quando se trata de coreorgasmos, apertar o umbigo contra a coluna é fundamental. E como pilates, eles exigem repetição até a fadiga. Isso é que é motivação.

Aqui estão algumas posições que podem facilmente desencadear coreorgasmos:

1. Elevações de perna suspensa

A cadeira romana é sua melhor amiga na academia. A elevação das pernas em uma dessas coisas produz coreorgasmos mais rápido do que a maioria das outras posições, especialmente se você estender as pernas para fora. Você também pode fazer elevações de perna deitando de costas no chão. Levante e abaixe as pernas lentamente controlando o movimento, e contraia a barriga.

2. Postura do barco

A postura do barco é um excelente exercício para o abome inferior. Tente equilibrar-se na posição vertical e, novamente, contraia sua barriga com força. Estenda as pernas e os braços retos e os traga de volta à posição original. Fazer isso por 30 segundos deve funcionar.

3. Postura da águia

Esta postura na Bikram ioga pode desencadear um coreorgasmo se for feita por tempo suficiente e estiver alinhada corretamente. Tente pulsar seu ventre até obter o alinhamento correto (joelhos e cotovelos em uma linha). Contraia sua core e mantenha a postura corretamente. Essa postura requer um pouco mais de paciência.

Você já experimentou coreorgasmo nessas posições? Tweete @Clueapp_pt com suas dicas de coreorgasmo e conte pra nós. 😏

ilustração da flor do Clue app
ilustração da flor do Clue app

Viva em sintonia com seu ciclo, baixe o Clue hoje.

Você também pode gostar de ler:

Artigos mais populares

ilustração da flor do Clue app
ilustração da flor do Clue app

Viva em sintonia com seu ciclo, baixe o Clue hoje.