Animação de um guarda-chuva em metáfora a um DIU, protegendo de uma chuva de espermatozoides.

Ilustração: Marta Pucci

Contraceptivos

Como os DIUs previnem a gravidez?

O DIU é uma das formas mais eficazes de anticoncepcional.

*Tradução: Mariana Rezende

Coisas importantes a saber:

  • Dependendo do tipo de dispositivo intrauterino (DIU), a gravidez é evitada das seguintes formas: através do espessamento do muco cervical, do impedimento da entrada de espermatozóides no útero, da redução das chances de sobrevivência dos espermatozóides e da alteração do endométrio.

  • O DIU funciona de maneira diferente de outras formas de contracepção.

  • O DIU de cobre trabalha liberando íons de cobre no útero, tornando-o inóspito para o esperma.

O que é o dispositivo intrauterino (DIU)?

O DIU é um pequeno dispositivo plástico em forma de T que é inserido no útero para evitar a gravidez (2, 3, 4). (Curiosidade: o primeiro DIU foi feito a partir do tecido intestinal do bicho-da-seda (5).) O DIU deve ser inserido no útero por um profissional de saúde (4). Os DIUs funcionam de 3 a 10 anos (4). Eles podem ser removidos a qualquer momento, se você quiser engravidar ou apenas se quiser retirá-lo (3, 2).

O DIU é uma das formas mais eficazes de anticoncepcional (6). Como costuma acontecer nas ciências reprodutivas, a tecnologia por trás dos DIUs é relativamente nova.

Dois tipos de DIU estão disponíveis nos Estados Unidos: hormonal e cobre ou não hormonal (4). Cada um deles trabalha de maneira um pouco diferente com base em sua composição. Vamos dar uma olhada em como eles funcionam para evitar a gravidez.

Imagem de três telas mostrando o aplicativo Clue

Baixe o Clue e registre datas de inserção, controle e remoção de seu DIU, além de sintomas gerais.

  • Baixe o Clue app na App Store
  • Baixe o Clue app na Play Store

4.8

Ilustração de uma avaliação cinco estrelas

2M+ avaliações

Como o DIU hormonal previne a gravidez

O DIU hormonal contém contém um progestagênio chamado levonorgestrel. Uma pequena quantidade de progestagênio incorporada no braço vertical do T é liberada diariamente no útero (1).

O progestagênio ajuda a prevenir uma gravidez de três formas:

  • Ele torna o muco cervical mais grosso para que o esperma não consiga penetrar o útero para fertilizar um óvulo (1).

  • Ele altera as contrações normais nas trompas de Falópio, dificultando a passagem de um óvulo para o útero (7).

  • Quando o espermatozóide entra no corpo de uma pessoa que usa um DIU hormonal, o desenvolvimento dos espermatozóides pode ser afetado negativamente ou eles podem não sobreviver (2).

Como o DIU de cobre previne a gravidez

Em um DIU de cobre, a barra horizontal do T do dispositivo é coberta por um fio de cobre fino e cada barra do T tem um anel de cobre (7). O cobre libera íons de cobre no útero. Os íons alteram os fluidos na trompa de Falópio e no útero, tornando-os inóspitos para o esperma (1). O esperma que entra nessas partes do corpo não é viável e não consegue fertilizar um óvulo (3).

Reações a corpos estranhos: a última linha de defesa do DIU

Embora os principais métodos de ação para o DIU sejam os descritos acima, ambos os tipos de DIU também possuem uma linha de defesa secundária conhecida como “reação de corpo estranho”.

Então, o que exatamente é uma reação de corpo estranho? Pode parecer grave, mas na verdade é um processo que mantém os corpos saudáveis. E, neste caso, ele trabalha para evitar a gravidez. Quando um objeto estranho é inserido no corpo humano, o corpo responde causando inflamação na área (1). (Pense em quando você fica com uma farpa presa em um dedo. Seu dedo incha enquanto seu corpo tenta se desfazer da farpa invasora. Obrigada, corpo!)

O corpo envia glóbulos brancos para o útero para prevenir a infecção pelo DIU (8).

O resultado é uma inflamação. Teoricamente, essa inflamação no interior do útero dificulta a implantação de um embrião dentro do revestimento do útero (8). No entanto, isso serve como a última linha de defesa possível contra a gravidez, porque o DIU reduz bastante o risco de fertilização, impedindo que o esperma chegue ao óvulo e fazendo alterações celulares no óvulo no processo de fertilização (8).

Além disso, há evidências de que, mesmo que um óvulo seja fertilizado, ele não passa por processos normais de desenvolvimento e, portanto, não se transforma em embrião (8).

Posso ovular usando o DIU hormonal?

Muitas pessoas que usam DIU hormonal continuarão ovulando. Porém, como o dispositivo contém um progestagênio que interrompe o ciclo hormonal (2), existe a possibilidade de o dispositivo afetar a ovulação, dependendo de sua dosagem.

Os DIUs hormonais estão disponíveis com diferentes dosagens de hormônios. A dosagem mais alta afeta a ovulação mais do que as dosagens mais baixas (2, 9, 11). A eficácia de um DIU não é afetada pela ovulação ou sua ausência.

Uma pessoa usando um DIU de 52 mg pode parar de ovular após a implantação do dispositivo. A ovulação pode retornar à medida que a potência hormonal diminui (2).

  • No primeiro ano, cerca de 45% das pessoas que usam um DIU de 52 mg ovularão.

  • Após quatro anos, cerca de 75% das pessoas que usam o DIU de 52 mg ovularão (2).

A maioria das pessoas que usa o DIU de 19,5 mg continua a ovular (10). Segundos pesquisas, as pessoas que usam essa dosagem têm uma função ovariana normal (10). O mesmo acontece com o DIU de 13,5 mg (11).

Desde que você troque o DIU a tempo, as alterações na ovulação não afetarão o risco de gravidez, porque o DIU trabalha principalmente através dos processos listados acima (2, 3).

Posso ovular usando o DIU de cobre?

Alguns métodos anticoncepcionais, como a pílula, funcionam inibindo a ovulação. Este não é o caso do DIU de cobre. O DIU de cobre não afeta a ovulação. O sangramento menstrual pode aumentar nos primeiros três a seis meses, mas o sangramento deve diminuir com o tempo (9).

Saiba mais sobre mudanças na menstruação com o DIU

Depois de dois anos, cerca de metade das pessoas que usam o DIU hormonal de 52 mg deixará de menstruar (9). Doses mais baixas de hormônios têm um impacto menor no sangramento mensal (10, 11).

Se você estiver usando o DIU, é útil rastrear seus padrões de sangramento no Clue app para avaliar como ele está funcionando para você.

Os DIUs são bons métodos anticoncepcionais, mais pouca gente ainda os usa - leia mais sobre isso aqui.

An illustration of a hand pressing a button

Let's support one another.

and champion menstrual health together. Make an impact today in one click.

An illustration of a hand pressing a button

Você também pode gostar de ler:

Artigos mais populares