Foto: Franz Grünewald

Pele e cabelo

Mudanças no cabelo e na pele: seus 20 e 30 anos

Mudanças hormonais em seus 20 e 30 anos podem causar alterações como acne adulta e queda de cabelo.

Criado pelo Clue com suporte financeiro da Vichy Laboratoires e L'Oréal

Mudanças hormonais em seus 20 e 30 anos podem causar alterações no cabelo e na pele, incluindo acne adulta e queda de cabelo. Essas mudanças podem ser estressantes. A seguir, oferecemos algumas dicas que podem ajudar a aliviar os sintomas.

Compreender o que é normal e o que pode indicar um distúrbio hormonal também pode te deixar mais à vontade, não importando quais mudanças no cabelo ou na pele você enfrente neste período de sua vida. As condições dermatológicas podem ter várias causas, e é importante procurar conhecê-la antes que um tratamento seja determinado. Fale com o seu profissional de saúde se tiver preocupações com quaisquer novos sintomas. 

Acne em seus 20 e 30 anos

A acne pode ser causada por muitos fatores, mas em seus 20 e 30 anos, a acne geralmente é cíclica e causada por alterações hormonais, ligadas ao seu ciclo menstrual (incluindo surtos pré-menstruais). Uma razão para os surtos pode ser a produção cíclica de andrógenos: a testosterona, assim como outros andrógenos, são produzidos em pequenas quantidades pelos ovários, glândulas supra-renais e pele (1). Os andrógenos podem tornar o revestimento dos poros da pele pegajoso, o que pode levar a um acúmulo de queratina e a poros entupidos ou espinhas (3). 

Monitore mudanças na pele ao longo do ciclo com o Clue

  • Baixe o Clue app na App Store
  • Baixe o Clue app na Play Store
Imagem de três telas mostrando o aplicativo Clue

A acne adulta (definida como acne que se manifesta após os 18 anos) se manifesta de forma diferente da acne adolescente. A acne adulta normalmente aparece no terço inferior da face, mandíbula e pescoço. (A acne adolescente, por outro lado, geralmente ocorre na testa, tronco e costas) (6).

Os surtos pré-menstruais com acne são mais comuns em mulheres com mais de 33 anos, em comparação a mulheres entre 20 e 33 anos (1). Aqui vão algumas maneiras de lidar com as erupções:

  • Anticoncepcionais orais combinados e outras formas de contraceptivos demonstraram ajudar na acne hormonal adulta, em parte, ao reduzir a produção de andrógenos (2). Você pode conversar com seu profissional de saúde sobre experimentar anticoncepcionais contra a acne.

  • Produtos tópicos contendo retinóides (produtos químicos derivados da vitamina A) também podem ajudar. Os retinóides são produtos derivados da vitamina A que possuem propriedades anti-inflamatórias e podem reduzir a formação dos poros entupidos que resultam no surgimento da acne (2). Fale com seu profissional de saúde ou dermatologista para uma avaliação de sua situação específica e sobre a aquisição de produtos com prescrição médica.

  • Usar um higienizador facial com ingredientes como ácido salicílico, peróxido de benzoíla, enxofre, LHA ou ácido glicólico pode ajudar com a acne. Tenha atenção para verificar as instruções do produto, pois o uso indevido desses ingredientes pode piorar a acne e/ou tornar sua pele mais sensível ao sol (15).

  • A fotoproteção é essencial para evitar marcas de acne duradouras (vermelhas ou marrons) na pele. Escolha um FPS (fator de proteção solar) alto que seja adequado para peles oleosas (12).

Mudanças no cabelo em seus 20 e 30 anos

A densidade do cabelo diminui com a idade e o declínio na densidade é visivelmente mais perceptível nas mulheres aos 40 anos (7). Existem muitas razões para a queda de cabelo, incluindo genética, idade, fatores ambientais e alterações hormonais.  

Algumas mulheres são mais propensas a ter queda de cabelo do que outras, devido à gravidez ou distúrbios hormonais. Embora a alopecia androgênica e outras formas de queda de cabelo não sejam comuns para mulheres na faixa dos 20 e 30 anos, ainda existem algumas experiências que podem afetar seu cabelo nesta fase da vida. 

Gravidez

Níveis elevados de estrogênio levam a cabelos mais cheios e espessos (9). Após a gravidez, os níveis hormonais se estabilizam e o cabelo acaba caindo rapidamente (9). 

Alopecia androgenética feminina

Essa condição, que leva ao aumento dos níveis de andrógenos no corpo, pode diminuir o tamanho dos folículos capilares. Isso resulta em queda de cabelo no couro cabeludo e no topo da cabeça (4,5). A densidade do cabelo costuma começar a diminuir pelos meados dos 30 anos de idade (13). 

Outros sintomas incluem: aumento da acne, hirsutismo (cabelos escuros e grossos), irregularidades menstruais e infertilidade (5). Se você notar alterações como essas em seu corpo, fale com seu profissional de saúde.   

Alopecia por tração

A alopecia por tração é causada por um penteado traumático, quando o cabelo é puxado por longos períodos de tempo, tais como tranças. A queda de cabelo é mais acentuada nas áreas onde a tensão é maior devido ao estilo das tranças. Tratamentos químicos e térmicos para alisar o cabelo podem aumentar a queda de cabelo. É mais comum em pessoas negras devido ao maior uso de penteados com tranças. A melhor forma de evitar a alopecia por tração é evitar a tensão em um cabelo quimicamente tratado: “nada de tranças em cabelos quimicamente alisados”. Se a alopecia já estiver presente, geralmente é tratada com minoxidil (14).

Distúrbios da tireoide

O distúrbio endócrino leva a flutuações em certos hormônios no corpo, o que pode causar queda de cabelo e, às vezes, até envelhecimento. Tanto o aumento quanto a diminuição dos níveis de hormônios da tireoide demonstraram causar queda de cabelo e envelhecimento prematuro (10). O hipotireoidismo primário é até oito vezes mais comum em mulheres do que em homens. Nos EUA afeta 4% das mulheres (cerca de 1,3 milhão de pessoas) entre 18 e 24 anos (16) Se você notar alterações como essas em seu corpo, fale com seu profissional de saúde.

De um modo geral, o tratamento de primeira linha recomendado para a perda de cabelo feminina é o minoxidil tópico a 2% (ou rogaine) e normalmente leva de 6 a 12 meses para se ter uma melhora perceptível (5), e seu profissional de saúde deverá lhe avaliar para determinar uma causa. Este medicamento também pode ser comprado sem receita na maioria das farmácias. 

Embora possa ser estressante ainda gerenciar surtos de acne aos 20 e 30 anos, pode ser útil estar preparado para esses momentos ao redor da menstruação e talvez contar com a ajuda de um bom creme retinóide.

ilustração da flor do Clue app
ilustração da flor do Clue app

Viva em sintonia com seu ciclo, baixe o Clue hoje.

Você também pode gostar de ler:

Artigos mais populares