X icon button to close sales banner

Red Friday deals are about to flow…

Download the app and create a free account to save on your Clue Plus subscription.

Download on iOS App StoreDownload on Google Play
ilustração de dois copos de coquetel contendo bebidas alcoólicas

Ilustração: Emma Günther

Reading time:4min

Álcool e o ciclo menstrual

Como beber álcool pode (ou não) afetar o ciclo

*Tradução: Juliana Secchi

Principais coisas a saber:

  • Tomar algumas bebidas durante as férias (ou com moderação em qualquer outro momento) provavelmente não afetará o seu ciclo

  • As pessoas podem beber mais na fase antes da menstruação

  • Pessoas que consomem quantidades excessivas de álcool de forma crônica podem desenvolver irregularidades no ciclo ou amenorreia

Qualquer pessoa na festa de fim de ano do escritório pode atestar: o álcool pode definitivamente afetar seu corpo, tanto no momento da bebedeira quanto na manhã seguinte. De redução das inibições a distorções da realidade, a uma ressaca que faz você se arrepender de todas as escolhas que fez nas últimas 24 horas, o álcool pode ter um impacto em sua mente e corpo, incluindo seu ciclo menstrual. Com moderação, o álcool provavelmente não afetará seu ciclo menstrual, mas há muitas pesquisas conflitantes. Vamos ao tópico:

Consumir alguns drinks vai bagunçar meu ciclo?

A pesquisa científica, como de costume, é conflitante sobre o tema, não há uma resposta clara. Alguns estudos observam relações entre o consumo de álcool e irregularidades no ciclo, mas geralmente apenas quando o álcool é consumido cronicamente em altas doses (1–3). Ao olhar para o consumo moderado, pode não haver mudança mensurável no funcionamento do ciclo menstrual (4). Na verdade, em um estudo, as pessoas que se abstiveram de álcool tiveram mais irregularidades no ciclo (5).

Portanto, se você beber álcool com moderação durante as festas de fim de ano, provavelmente isso não prejudicará seu ciclo menstrual.

Mulheres que consomem quantidades crônicas de álcool, no entanto, podem experimentar muitos tipos diferentes de distúrbios menstruais, incluindo amenorreia (não menstruar por 3 meses ou mais), ciclos de durações irregulares e anovulação (a ovulação não ocorre dentro do ciclo menstrual) (1–3,5).

Baixe o Clue app para monitorar mudanças e a duração de seu ciclo menstrual.

  • Baixe o Clue app na App Store
  • Baixe o Clue app na Play Store
Imagem de três telas mostrando o aplicativo Clue

Seu ciclo pode influenciar a quantidade de álcool que você bebe

Existem algumas evidências sugerindo que o álcool consumido na fase lútea (a segunda metade do ciclo menstrual) pode ter mais efeito sobre o humor do que durante a fase folicular, aumentando os sentimentos de depressão e ansiedade, enquanto ao mesmo tempo aumenta a sensação de prazer oriunda dos efeitos do álcool (6). Os pesquisadores suspeitam que as pessoas que apresentam sintomas de tensão pré-menstrual podem tender a beber mais álcool antes da menstruação (6,7). No entanto, outros estudos não observam nenhuma mudança (7,8). Mais pesquisa se faz necessária.

Álcool e os hormônios

Beber álcool afeta os níveis hormonais do corpo. Depois de beber, vários estudos mediram aumentos nos níveis de estrogênio e, às vezes, aumentos na testosterona e no hormônio luteinizante (LH) (4,5,9,10). Um estudo particularmente rigoroso examinou como a bebida alcoólica afeta os níveis hormonais durante as diferentes fases do ciclo menstrual (10). Múltiplas diferenças hormonais foram medidas, como aumentos nos níveis de andrógenos durante a fase folicular e aumentos nos níveis de estrogênio em torno da ovulação, que persistiram ao longo da segunda metade do ciclo (10). Este efeito demonstrou ser mais forte após o consumo excessivo de álcool (4). No entanto, os efeitos hormonais do consumo moderado de álcool não levaram a alterações no funcionamento do ciclo menstrual (4,10).

A hepatite alcoólica e a cirrose hepática estão associadas ao consumo excessivo de álcool, ao consumo crônico de álcool e à biologia feminina— isso poderia ser devido aos nossos hormônios (11,12)? Pesquisas recentes e preliminares em camundongos sugerem que, quando níveis mais altos de estrogênio estão presentes, há mais atividade no centro de recompensa do cérebro, o que pode fazer com que o álcool pareça mais recompensador (13).

Há também algumas evidências que sugerem que o consumo de quantidades baixas a moderadas de álcool pode estar associado ao atraso da menopausa, mas também são necessárias mais pesquisas nesse sentido (9,14,15).

O álcool pode afetar sua fertilidade?

Um estudo recente sugere que pode haver alguma associação entre o consumo de álcool de baixo a moderado e a diminuição da fertilidade (16). Outras pesquisas associaram o maior consumo de álcool à infertilidade, e alguns não encontraram nenhuma conexão entre álcool e fertilidade (3,5). Uma razão pela qual o álcool pode afetar a fertilidade é por meio do aumento dos níveis de estrogênio, o que pode inibir o desenvolvimento folicular e a ovulação—mas isso ainda é apenas uma teoria (17).

Embora existam muitos estudos diferentes pesquisando os efeitos do álcool, é difícil tirar conclusões concretas sobre como ou se o álcool afeta seu ciclo. Algumas bebidas nesta temporada de férias provavelmente não causarão irregularidades menstruais. Mas tenha atenção se estiver na fase lútea, pois você pode beber mais do que o habitual.

ilustração da flor do Clue app
ilustração da flor do Clue app

Baixe o Clue para monitorar quando você consome álcool e como isso se relaciona com o seu ciclo.

Você também pode gostar de ler:

Artigos mais populares

ilustração da flor do Clue app
ilustração da flor do Clue app

Viva em sintonia com seu ciclo, baixe o Clue hoje.