Ilustração: Katrin Friedmann

Reading time:4min

Os produtos químicos presentes em cosméticos e produtos de beleza

*Tradução: Juliana Secchi

Já teve uma reação estranha a uma nova loção, batom ou creme de barbear? Então você não está só. Os componentes químicos estão em todos os produtos que usamos em nossos corpos. Maquiagem, absorventes internos, pasta de dente, a lista segue. Alguns são totalmente seguros, alguns não foram testados e alguns são até conhecidos por serem prejudiciais. Então, como você distingue o bom do ruim?

Três categorias de componentes químicos em produtos para a pele que você precisa observar

A maioria dos produtos químicos são prejudiciais quando atuam como uma dessas três categorias. Agora vamos definir cada uma delas.

  • Alergênicos — Uma substância que pode causar uma reação alérgica (1). Por exemplo: Fragrância, conservantes (2).

  • Cancerígeno — Qualquer substância que causa câncer (3). Por exemplo: Formaldeído, óleos minerais (4).

  • Disruptores endócrinos — Produtos químicos que podem interferir no sistema endócrino do corpo e produzir defeitos de desenvolvimento reprodutivos, neurológicos e imunológicos adversos (5). Por exemplo: BPA, dioxina, ftalatos (6). O sistema endócrino inclui a glândula pituitária, glândula tireóide, glândulas paratireóides e supra-renais, o pâncreas, os ovários e os testículos (7).

Atualmente, a FDA (Agência Reguladora de Fármacos e Alimentos dos EUA) restringe apenas o uso de 11 produtos químicos (8), enquanto a União Europeia proibiu o uso de mais de 1.300 ingredientes (9).

Além disso, um estudo de 2010 afirmou: “Com quase 80.000 produtos químicos no mercado nos Estados Unidos, muitos dos quais são usados ​​por milhões de americanos em suas vidas diárias e não são estudados ou pouco estudados e amplamente não regulamentados, a exposição a potenciais carcinógenos é generalizada.”

Embora muitos produtos químicos tenham sido considerados seguros em baixas doses (como aqueles encontrados em absorventes internos) (10), há duas coisas a considerar:

  1. Por que as empresas não são obrigadas a divulgar a lista completa de ingredientes?

  2. Será que eu quero usar produtos com componentes químicos que ainda não foram testados quanto à sua segurança a longo prazo?

Agora que você sabe sobre alergênicos, cancerígenos e disruptores endócrinos, o que fazer para evitá-los?

  1. Leia os rótulos: Assim como você lê os rótulos dos alimentos, verifique a lista de ingredientes dos produtos de higiene pessoal. Muitos dos ingredientes que são tóxicos para o seu corpo também são para o meio ambiente. O Environmental Working Group (EWG) elaborou este pequeno guia prático (em inglês) para ajudar na escolha de produtos de cuidados pessoais mais seguros. No Brasil, a Anvisa disponibiliza online um Guia de Controle de Qualidade de Produtos Cosméticos—baixe aqui.

  2. Pesquise os ingredientes: Use o app Think Dirty ou o banco de dados Skin Deep do EWG (em inglês) para pesquisar os ingredientes em seus produtos de beleza e o impacto deles em seu corpo e em sua menstruação. Essas ferramentas não apenas dizem o que evitar, mas também por que você deve evitá-las (11).

  3. Faça sua voz ser ouvida: Você adora seu creme para os olhos, mas odeia os produtos químicos nele? Então se expresse e diga isso à empresa. Escreva um e-mail ou organize uma campanha no Twitter. Quando você se faz ouvir, as empresas escutam.

Por que você deve se preocupar com os produtos químicos em seus produtos de beleza e de cuidados com a pele?

Sua pele é o seu maior órgão e absorve as coisas que você aplica nela. Isto é particularmente verdadeiro para áreas do corpo onde a pele é mais fina—exemplo: ao redor dos olhos ou da vagina (13).

Em um estudo de 2016, os pesquisadores deram a um grupo de 100 meninas novos produtos de beleza que não continham três substâncias químicas nocivas (ftalatos, parabenos e fenol) para elas usarem durante um período de três dias. Após este período as meninas foram testadas novamente e os níveis dessas substâncias haviam caído em 20–45% (14).

Ao remover esses produtos químicos potencialmente nocivos da sua rotina de beleza diária ou semanal, você pode reduzir drasticamente sua exposição e efeitos prejudiciais.

Quer saber mais?

A Campaign for Safe Cosmetics (em inglês) realiza pesquisas e publicam informações científicas sobre esses assuntos. E monitore diariamente sua pele no Clue app para saber como certos produtos podem te afetar.

ilustração da flor do Clue app
ilustração da flor do Clue app

Pele é uma das dezenas de categorias de monitoramento do Clue. Baixe hoje e comece a registrar sua saúde.

Você também pode gostar de ler:

Artigos mais populares

ilustração da flor do Clue app
ilustração da flor do Clue app

Viva em sintonia com seu ciclo, baixe o Clue hoje.